terça-feira, 9 de outubro de 2012


video



Em nome do Museu de Arte Contemporânea da Bahia, venho deixar registrado o nosso protesto com relação a devolução de seis obras de arte que foram doadas ao museu e devolvidas pela alfândega brasileira aos países de origem sem ao menos nos esclarecer o motivo de tal devolução, são elas:

"Dead Lives" de Aamir Khatri, "Un Posto in Prima Fila" de Alessandro Sala,"Sem título" de Fabio Ceccarelli, "Aquarelas" de Reana Maggio, "Le Menège" de Jean-Pierre Lorand (essa ultima foi devolvida pela alfândega ao remetente e dada como desaparecida dentro das agências dos correios)







PROFESSOR JOSE DIRSON ARGOLO


Um dos maiores restauradores do país e membro da Associação Brasileira de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais, com mais de 30 anos de atividade, executou diversas obras de restauro na Bahia e em outros estados, conhecido internacionalmente pelo excelente trabalho que desenvolve em palácios, igrejas, casarões, esculturas, pinturas. Jose Dirson é Professor de Restauração e Conservação da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia

Atividade no exterior: Especialização em Conservação e Restauração
País: Itália, Instituição: Università Internazionale Dell'arte, UIA
O Professor Jose Dirson Argolo participou do Lançamento do Acervo Permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia, na Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim, com a palestra: “ Primeiras Obras de Arte que Chegaram ao Brasil, Patrimônio e Restauração” e doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia o livro de sua autoria intitulado “O Convento Francisco de Cairu” – Restauração de Elementos Artísticos (livro que registra todo o trabalho de restauração que José Dirson Argolo e sua equipe realizaram no monumento da pequena cidade de Cairu, localizada no litoral baiano, entre Salvador e Ilhéus)








Carlos E Moliterno (Kadu Moliterno)

Sobre Kadu: http://www.kadumoliterno.com.br/
Ator e modelo fotográfico, natural de São Paulo, Brasil, Kadu fez seu 1°. trabalho como modelo fotográfico na Revista Claudia. Atuou pela 1ª vez na novela "As Pupilas do Sr. Reitor", do diretor Dionísio de Azevedo, na TV Record de SP , no papel de " Pedro" menino.

Seu trabalho foi reconhecido, ganhando seu primeiro papel como protagonista na novela "O Príncipe e o Mendigo", onde interpretou os dois papeis principais. Dai em diante foi uma sucessão de novelas na TV Record e Tupi. Foi quando Walter Avancini o convidou para fazer a novela de Bráulio Pedroso "O Pulo do Gato" onde interpretou "Billy", o primeiro surfista retratado na TV Brasileira. Esse personagem lhe rendeu a condição de assinar seu primeiro contrato longo com a TV Globo, e a partir dai fez novelas importantes como "Paraíso" de Benedito Rui Barbosa, que considera um de seus melhores personagens, interpretando "Zé Eleutério" (O filho do diabo). Foi um personagem que marcou época e a carreira de Kadu Moliterno. Em seguida fez "Cabocla" onde interpretou Neco, e também a "Sucessora", interpretando o personagem Vasco, contracenando com a atriz Arlete Salles. fez muito sucesso na novela "Água Viva", "Brilhante", "Partido Alto", "Pátria Minha", "O dono do Mundo", "4 por 4", "Anjo Mau", entre outras. Participou também de mini-séries importantes como: "Memorial de Maria Moura", "Anos Rebeldes" e "Amazônia".

Um seriado que merece destaque foi a “Armação Ilimitada”, onde, além de levar a idéia do programa para a TV Globo junto com André de Biasi, interpretou o Juba, da dupla "Juba e Lula". Esse programa revolucionou o formato de programas da TV, ganhando o prêmio "Ondas" na Espanha entre outros, deixando saudades ao público brasileiro até os dias de hoje.

Atuou no filme “ARMAÇÃO ILIMITADA, O FILME”: que foi o reencontro da família Armação Ilimitada, com " Juba” , “Lula”, “Zel” e “Bacana " 
Atualmente, está interpretando o “Bertoni” no remake da novela "Paraíso" de Benedito Ruy Barbosa. Em 1ª. versão (1982) interpretou o personagem Zeca, José Heleotério “O Filho do Diabo".
Kadu lançou sua biografia: "Reviva com Kadu Moliterno". Onde retrata e comemora seus 40 anos de carreira com muita diversão e fotos carinhosamente selecionadas.
Informações extraídas do site: http://www.kadumoliterno.com.br/
Kadu Moliterno doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia o livro da sua Biografia: "Reviva com Kadu Moliterno".





Artistas do Acervo Permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia




Shefqet Avdush Emini
Sobre Shefqet : www.shefqet.com
http://youtu.be/vdTPW-JGwrc
http://shefqetaemini.blogspot.com.br/

Biografia:

Artista internacionalmente reconhecido, nasceu em Davidovc, Kosovo. Estudou Artes Visuais na Art Faculty - University of Prishtina (Kosovo) e trabalhou, depois de terminar sua educação, como artista e professor de arte em várias cidades no Kosovo. Desde quando eclodiu a guerra em Kosovo, Shefqet Avdush Emini está vivendo na Holanda. Shefqet Avdush Emini é um artista academicamente educado que desenvolveu seu próprio estilo, a sua "assinatura" própria, o que o tornou famoso. A lista de exposições de suas obras em museus e galerias de arte em todo o mundo é longa. Zweden, Denemarken, Turkije, Egypte, China, Oostenrijk, Nederland, Duitsland, Italië, Groot Brittannië, Spanje, Portugal, Frankrijk (Luver), België, Roemenië,Bulgarie, Macedonië, Slovenie, Kroatië, Servië, Bosnië, Kosovo , Albanië,Marokko,Brazi,Washington,Kuwait,Slovakia,Oman. Besides, he is regular invited to join art symposia where local and international artist do come together to create art and get inspired. Shefqet is also connected to the Filarski Academy, a private Academy in The Netherlands founded by the artist Marian Filarski, as a teacher for master classes in painting.

Member:

LNPSHA "PEGASI" ALBANIA 2013

Permanent collection of the Modern Art Museum,Kuwait 2012
Permanent collection of the Museum MAC Brazil 2011 
Permanent collection of the Gallery Tetovo, Macedonia 2010 
Permanent collection of the Gallery Aiud, Romania 2010 
Permanent collection of the Museum Tepecik,turkey 2010 
Aperon Art Plus Gallery, Istanbul 2010 
Gallery Tornby Denmark 2010; RKD as from2003; 
Foundation Symbiose Sittard as from 2003; 
Foundation art centre keeps out 2003;
Aida as from 1994 Stichting 
Kunstcentrum Weert as from 2003; 
Permanent collection of the National Gallery of art in Tirana 1999 
Artist figurative association of the Kosovo as from1989; 
President of the foundation 'Zef Kolombi ' Ferizaj Kosovo as from 1988-1992 
Member of foundation art centre ' Zef Kolombi ' Ferizaj Kosovo as from 1982;
Expositions:
2013.Exhibition in Galley Galéria Cit, Bratislava,Slovakia
2013.International Art & Design Exhibition"in Seoul Korea
2013.Exhibition in Sirius Hotel,Prishtina,Kosovo
2012.Exhibition in Sharm El Sheikh,Egypte
2012.Exhibition in Arts Galerie,Tirana
2012.Exhibition in Ödemiş,Turkkey
2012.Exhibition in Bostonli Galleryin 21 september in Izmir,Turkey
2012.Exhibition in Castel,Moimirovce,Slovakia
2012.Exhibition Hotel Prishtina,Kosovo
2012.Exhibition Hamam Prizeren,Kosovo
2012.Exhibition in museum Antalya,Turkey
2012.Exhibition at the cultural complex in Alhoceima,Morocco
2012.Exhibition in KTO Karatay University,Konya,Turkey
2012.Exhibition at the cultural Russian center Rabat ,Morocco
2012.Ekshibition in Kuwait
2012.Exhibition in Atelier Oosterbosch (Gallery) Amsterdam
2012 EPK, DLUM Galley, Slovenia
2011.Sharm El Sheikh,Egypte
2011.Inter-Art Exhibition in Washington D.C.U
2011.Solo exhibition: Atrium the Hague,Netherland
2011 International Gallery bienaal festival of portrait,drawings tuzla , Bosnia and Hercigovina.
2011 Show Your Hope,Lublana,Slovenia
2011 Mozes en aaronkerk te Amsterdam
2011 Solo exhibitions Gallery Diversity & Art,Amsterdam,Netherlands
2011 Museum Antalya,Turkey
2011 Art Gallery, Sofia, Bulgaria
2011 Exhibition Geshaview Bulgaria
2011E art for heart,hannover,Germany
2011 Pallati i kulturës Tetovë,Macedonia
2010 Gallery Berat,Albania
2010 Aperon Art Plus Gallery,Istanbul
2010 Torbny Gallery,Denmark
2010 Art Fair Istanbul,
2010 Wall for peace - w -afpiaap - sanski/ Sarajevo / Bosnia – Hercegovina
2010 Drawings Biennale,Museum,Romania,
2010 Artist for freedom rathaus Bensberg, Bergisch-Gladbachþ,Germany
2010 Art Fair China, world trade center Beijing's
2010“Inter-art” foundation,Romania,Gallery
2010 Amsterdam Rembrandplei
2010 Culturel and artfestival, Tepecik, Turkey
2010 Koloni Tetov, Macedonie, Gallery
2010 Louver Paris,France
2010 Artist for freedom galileo-park in Lennestadt Germany
2010 Sharm Ell Sheikh,Egypt
2010 Museum of Portalegre,Portugal
2010 Mannheim,Galerie Bohner,Germany
2010 Vigo,club financiero de vigo, the architect palacios Gallery, Spain
2010 Biennale in London Gagliardi Gallery, a group exhibition of selected artist from the Biennale of Chianciano 
2009,England
2009 Exhibition National Museum Cotroceni Bucharest,Romania
2009.Exhibition circulating in few balkan countries Melenia art Gallery Bucharest,Romania
2009 Biennale of Chianciano,Italie-the art Museum of Chianciano Terme,Italy
2009 Jma Gallery Vienna, Austria
2008 Private Salon Weert, Netherlands
2008 Private Salon Kinrooi, Belgium
2008 Gallery Drente in hooghalen,Netherlands
2008 Gallery Sigvardson 08. maj Denmark
2008 Van Munster complex in Amersfoort The Netherlands group Gallery
2008 Gallery Sigvardson 02 februari Denmark
2007 Art process Trapani Sicilia Italy Gallery group
2006 Stichting Kunstcentrum Weert,The Netherlands group
2006 Paterskerk Weert,The Netherlands Gallery group
2006 Cigarenfabriek Delft , The Netherlands Gallery group
2006 Molenhof, The Netherlands group Gallery
2005 Paterskerk, The Netherlands group
2005 Molenhof, The Netherlands solo gallery
2005 Marziart Hamburg, Germany group Gallery
2005 Stichting Kunstcentrum Weert solo private
2005 Reasons to love the earth Utrecht group Museum
2005 Molenhof group Gallery
2004 Royal Schouwburg the Hague group or museum
2004 Vredenburg Utrecht group or Museum
2004 Arti et amicitiae Amsterdam group Museum
2004 Atelier route solo
2004 Kunstuitleen Tienschuur group Museum
2003 OBS ' graswinkel' government
2003 Atelier route solo
2003 Kunstuitleen Tienschuur group Museum
2003 Fontys end courts solo government
2003 Public library Nederweert solo government
2002 St. Teunis Kapele vault keeps out solo government
2000 Town hall keep out solo government
2000 Old café keep out the currency private solo
1999 Molenhof keep out solo Gallery
1997 Wommat District Duurstede ate solo Gallery
1997 Rural church abc-old one group or Gallery
1997 Peace church Utrecht group or Gallery
1997 Buurthuis the toll Utrecht group government
1997 Church Utrecht group or Gallery
1996 FNV Utrecht solo government
1996 EKKO Utrecht solo government
1996 Reception centre Utrecht group government
1996 Wommat district Duurstede ate solo Gallery
1996 Peace church Utrecht solo Gallery
1996 Park eye in already Utrecht group government
1996 Triumfatokerk Utrecht solo Gallery
1995 Reception Centre Utrecht solo government
1993 Unaryd Gallery Sweden group
1993 Bank government Unaryd Sweden solo
1992 Home of culture Shtimje Kosovo solo
1991 Theatre fair Pristine Kosovo group
1990 XVII fair Gallery Pristine Kosovo group jumps
1990 Autumn 16de Biennale Pristine Kosovo group
1988 Home of culture Shtimje Kosovo solo
1987 VII Biennale Drawing Pristine Kosovo group
1985 Private Gallery Pristine Kosovo group
1984 Autumn Fair Gallery Pristine Kosovo group
1984 Fair Gallery Pristine Kosovo group
1983 Sarajevo Gallery ex - Jugoslavia group
1983 Zagreb Gallery ex - Yugoslavia group
1983 Belgrade Gallery ex - Yugoslavia group
1983 Private Gallery Ferizaj group
1982 Zef Kolombi Gallery Ferizaj Kosovo group
1981 Zef Kolombi Gallery Ferizaj Kosovo group

Obra de arte sem título que o artista plástico Shefqet Avdush Emini doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia







Natural de Petrópolis, Rio de Janeiro, Brasil, estudou Direito na Universidade Federal Fluminense / UFF, do Rio de Janeiro e Arte e literatura na Universidade Federal da Bahia / UFBA, onde entrou no mundo da arte. No ano 2000 mudou-se para Nova York, ingressando na indústria da moda, onde trabalhou com o designer Carlos Falchi.
Estudou gravura na Liga dos Estudantes de Artes de Nova York. 
Como artista e curador de arte, em abril de 2011, juntamente com Alcinda Saphira e René Nascimento cria “Migração artexpo2012”, que começou na Biblioteca Pública de Nova York, como uma exposição coletiva, visando a integração, a participação e criação de oportunidades para a comunidade artística em locais diferentes. Em 2011 acontece a primeira exposição no Brasil, no Museu da Cidade, em Salvador, Bahia, seguido por Flory Menezes Galeria de Arte, em Búzios, Ponteio Shopping, em Belo Horizonte / MG, Universidade Federal do Rio de Janeiro, terminando nas Nações Unidas, em novembro de 2012. 
Segundo Antônio:
“Meus trabalhos acontecem quando uma ideia me move, as pessoas são o tema mais inspirador para mim, seus olhares, caracteres, idéias, sonhos, há sempre a possibilidade de fazer algo acontecer quando as pessoas se reúnem”
“Materiais e técnicas - torna-se o caminho para trazer uma outra realidade para o mundo”.
Exhibitions:
2012 - Migration Artexpo 2012/United Nations/ NY
2012 - Art takes Times Square/ New York
2012 - Migration Artexpo 2012/
Museu da Cidade/Salvador/Bahia/Brazil
2011 - Migration - NY Public Library?New York
2010 - Artlive 2010 -Chair&Maiden Gallery/NY
2010 - Abstracting - Brazilian Endowments for Arts
2009 - Tributo a Villa Lobos/United nations
2004 - Art beyond frontiers/ Mercedes Benz/NY
2000 - Allentown Art Festival/ Buffalo/NY
2000 - JFK international airport/ NY
1999 - Rio de Janeiro International Airport/Brazil
1998 - Waniguchi Community Center/Honduras 
1995 - Espirito de um lugar/Museu da Cidade
Salvador Bahia Brazil 
1995 - Sofitel Hotel/Portugal
1993 - Maison du Benin/ Salvador/Bahia/Brazil
1992 - Ilheus Cultural Center/Bahia Brazil
1991 - Bahia Art Museum/Salvador/Bahia/Brazil
1990 - ACBEU Brazil/USA Cultural Center
Salvador/Bahia/Brasil
1989 - Pernambuco Contemporary Art Salon
Recife/Brazil
Education:
2000 - Etching Art Student League of NewYork
1990 - Arts&Literature UFBA/
Federal University of Bahia/Brazil
1981 - Law /Federal University of Rio de Janeiro/BR

Obra de arte intitulada “Pensamento Oblíquo”, que o artista plástico Antonio Oliveira doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia







Camilo Gomez


(CAMILO HERNANDO GÓMEZ PÉREZ) Natural de Bogotá, Colômbia, Artista da escola de Artes e Letras de Bogotá, escultor especializado em chapa de metal, um processo que se alterna com as formas bidimensionais de arte (fotografia, gravura, pintura, pintura de mural, ilustração, etc ...). 

Sua obra escultórica é desenvolvida dentro da abstração, usando ferro e aço como matérias-primas, com foco em personagens e fenômenos naturais como conceitualmente inspiração criativa, também experimentando materiais de resíduos. 

Como pintor capta seu idealismo em uso de novas técnicas e fatores aplicáveis ao bidimensional de plástico, promovendo materiais não convencionais e meios de comunicação nas artes.

Segundo Camilo: 
“No hay triunfo sin renuncia, victoria sin sufrimiento, libertad sin sacrificio ----- mis visiones en algun momento tendran fugaces realidades para alimentar mis sueños y mis sueños cada dia serán más realidad...”
Proyectos de gestión:
Colectivo ARDA de gestión cultural
Cine Club El Puro 2006
Obra Destacada 2006
Taller Experimental de Instalaciones 2007
Exposición Fotográfica 2007
Murales 
Montajes
Revista Sin título 
Exposições realizadas:
VII Muestra Universitaria de Expresiones Artísticas Red O.U.N Agosto/Noviembre2006.
Diálogos. Galería Lobo Gris, Septiembre 2006.
Taller Experimental de Instalaciones Escuela de Artes y Letras, Octubre 2006.
III Peña Cultural de la Misión Diplomática 138 Aniversario de las Guerras de Independencia Cubanas y el Día de la Cultura Cubana.
Embajada de Cuba. Octubre/Noviembre2006.
Expo comic II Galería Colombiana del Diseño, Noviembre/Diciembre 2006
Manicomio Rock Fest, Mural Colectivo A.R.D.A, abril /2007
Exposición Jóvenes Talentos Escuela de Artes y Letras, Mayo/2007
VIII Muestra Universitaria de Expresiones Artísticas Red O.U.N, Noviembre 2007
Exposición de Fotografía Erótica Ojo Clínico Búfalo bar, enero 2008
Muestra experiencial, Museo de Arte Contemporáneo de Bogotá. abril/mayo 2010.
Homenaje póstumo al maestro Omar Rayo, Museo de Arte Universidad Nacional, julio 2010.
Subasta ?pinceles por la infancia? julio 2010. 
Salón de arte digital Universidad del Bio Bio - Concepción, Chile 2010.
30 x 30 Carla rey arte Contemporáneo, Feria Internacional de Arte de Buenos Aires arteBA 2011.
Mural ?la libertad es un estado mental? Pabellón femenino Cárcel Distrital 2011.


Obra de arte intitulada “Dos Aislados y un Burlon”, que o artista plástico Camilo Gomez doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia
 








Harold Higuera

Sobre Haroldhttp://haroldhiguera.blogspot.com.br/
Artista autodidata que se aperfeiçoou em técnica mista, natural de Bogotá, Colômbia, trabalha em Geba Art Gallery promovendo e divulgando a arte, como: pintura, escultura, gravura, colagem, móveis, decoração, desenhos e modelos de engenharia, arquitetura, foto, vídeo.

O artista já participou de diversas exposições e tem o seu trabalho divulgado em diversos países do mundo.

Obra de arte intitulada “El seqüestro” que o artista plástico Harold Higuera doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Susana Garrochinho


Artista autodidata, natural de Loulé, Portugal, aos 10 anos começou a pintar e a desenhar com vários materiais. De 2003 a 2006 frequentou aulas de pintura para aperfeiçoar novas técnicas. Gosta de pintar abstratos e flores, na sua grande maioria, entretanto tem trabalhos diversificados com outros temas e técnicas. A artista já participou de diversas exposições e tem o seu trabalho divulgado em vários países do mundo.

Exposições: 

2007 Exposição coletiva de beneficência da Associação 

Sol, em Faro

2008 Mostra de Arte, em Loulé 

2008 Arte Viva - Museu do Traje, em S. Brás de Alportel

2008 Centro de Artes e Ofícios, em Loulé
2009 Mostra de Artes Plásticas, em Loulé
2009 Feira do Artesanato de Loulé
2009 Arte Viva - Museu do Traje, em S. Brás de Alportel
2009 Feira do Artesanato, em Almancil
2009 Exposição de Natal - Santa Casa da Misericórdia, 
em Alcantarilha
2010 Mercadinhos de Loulé
2010 Festival MED, em Loulé
2010 Arte Viva - Museu do Traje, em S. Brás de Alportel
2010 Feira do Artesanato de Loulé

Obra de arte intitulada “Frágil” que a artista plástica Susana Garrochinho doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Laura Rizzo
Artista autodidata natural de Livorno, Itália, e vivendo em Caracas, Venezuela, Formou-se na instituição de ensino Luigi Enaudi. Laura é desenhista na Empresa Lina Confecciones e na REVISTA TEMPORaDA C.A. em Caracas, Venezuela.

Segundo Laura:

“me gusta rodearme de gente siempre positivas

en mi tiempo libre pinto o escribo poesias”

Obra de arte intitulada “Meditación” que a artista plástica Laura Rizzo doou ao acervo Permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









Mauricio Ledesma
Artista autodidata, natural de Bogotá, Colômbia, Mauricio é escultor e Desenhista Gráfico Independente. Já participou de diversas exposições e tem os seus trabalhos divulgados em diversos países do mundo. 
Escultura intitulada “Entre el Bien y el Mal”, que o artista plástico Mauricio Ledesma doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia 









Artista natural do Peru, desde criança demonstra aptidão para a arte, estudou todas as técnicas de pintura e apaixonou-se pelo estilo Surrealista.

O artista já participou de várias exposições e tem o seu trabalho divulgado em vários países do mundo.

Obra de arte intitulada “El Jerarca del Tiempo” que o artista plástico Aliosha Valle doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Pintora, escultora, arte educadora e poeta, natural de Salvador, Bahia, Brasil.

Segundo Miriam:

“Minhas pinturas e esculturas são definidos pelo expressionismo,

onde eu sou o instrumento. Sem um ideal definido, I

desfrutar de espontaneidade ao planejar, ao explorar

possibilidades para executar novas idéias.”

ESTUDOS FEITOS ENTRE 1967 ATÉ 2012

Brasil

Pintura a óleo, acrílica e técnica mista, desenho, pintura/técnicas em madeira, tapeçaria em Belo Horizonte, MG, com os professores:

. Euclides .Botaro

. Solini Bossi

, Murilo Melo
.Selma Weissemann
. UFMG
Salvador,Ba. – MAM Museu de Arte Moderna – Escultura, monotipia, xilogravura
Convento do Carmo – Design de roupas, corte e costura – de 9 aos 12 anos
MBA – Gestão de Artes Visuais – UNIBERO-IBAM
Coordenadora do Curso de Artes Visuais a convite da UNIBERO-IBAM
Inglaterra, Cambridge
Fotografia e escultura
Estados Unidos
.Escultura em cerâmica, JCC Art Studio, Rockville, MD
. Abstracionismo, Corcoran School of Art, Washington DC
. Escultura, Montgomery College Rockville, Rockville, MD
. Escultura com os professores
. Orest S. Poliszczuk,
.Charles Johson,
.Guita Vafai
.Jóias, design e produção, Montgomery College, Rockville, MD
. Aulas de ministradas em escolas públicas e particular para crianças nos Estados Unidos
.Aulas ministradas em Senior Center, centro de idosos, de construção de jóias e de pintura
.Curadoria de exposições em galerias, escolas e em espaços livres.
EXPOSIÇÕES INDIVIDUAL
2009 Biblioteca Publica Central da Bahia, Salvador, Brasil
2008 Private show at Port Haven Drive, Germantown, MD, USA
2006 IDB-Inter America Development Bank, Washington, DC, USA
2005 Private show at 10786 Brewer House Road, Rockville, MD, USA
2004 Private show at 10786 Brewer House Road, Rockville, MD, USA
2002 Ira Pinto Gallery, Washington DC, USA
1999 Casa dos Contos e Palhano Junior, Belo Horizonte, Brazil
1998 Espaco Cultural Trianon, Belo Horizonte, Brazil
1998 Espaco Cultural do Minas Casa, Belo Horizonte, Brazil
1997 Galeria Vitallis, Belo Horizonte, Brazil
1995 Hotel Meridien, Salvador, Brazil
SELEÇÃO DE EXPOSICÕES EM GRUPO:
2013 EXPO ART, Salvador, Bahia, Brazil 
2012 Bhavna Centro Cultural, Rio Vermelho, Salvador, Ba.
2012 Câmera dos Vereadores, Salvador. Ba.
2012 SINAPEV – Rio Vermelho, Salvador, Ba.
2012 Biblioteca Publica Central da Bahia, Salvador, Brasil
2012 Museu da Cidade, Art Migration, Salvador, Ba, BR
2011 Expoarte -Encontro das artes Internacional, Centro de Convenções, Salvador, Ba,
2010 BEA – Brazilian Endowments for the Arts, NY, NY, USA
2010 BEA – Brazilian Endowments for the Arts, NY, NY, USA
2010 BEA – Brazilian Endowments for the Arts, NY, NY, USA
2008 The Corcoran Gallery of Art – Art Reach, Washington,DC, USA
2008 Arts Barn Gallery, Gaithersburg, MD, USA
2008 International Vision Gallery, Washington, DC, USA
2008 Art-o-Matic, Washington, DC, USA
2008 Montgomery College, Rockville, MD, USA
2007 LOGLO-Art Basel, Miami, FL, USA
2006 LOGLO-Art Basel, Miami, FL, USA
2006 Montgomery College, Rockville, MD, USA
2006 The Graham Collection, Washington, DC, USA
2006 Sharon Fine Art Gallery, Bethesda, MD, USA
2005 Sharon Fine Art Gallery, Bethesda, MD, USA
2005 Strathmore Hall, Bethesda, MD, USA
2005 The Graham Collection, Washington, DC, USA
2004 Sharon Fine Art Gallery, Bethesda, MA, USA
2003 Sharon Fine Art Gallery, Bethesda, MA,
2002 Ira Pinto Gallery, Washington, DC, USA
2001 Ira Pinto Gallery, Washington, DC, USA
2001 Paper-Rock-Scissors Gallery, Baltimore, USA
2000 Elizabeth Public Library, New Jersey, USA
2000 Strathmore Hall Arts Center, Rockville, MA, USA
2000 Paper-Rock-Scissors Gallery, Baltimore, USA
1999 Salao da Telemar, Belo Horizonte, Brazil
1998 Galeria de Arte Sette e Zucheratto, Belo Horizonte, Brazil
1998 Galeria de Arte Paulo Guimaraes, Belo Horizonte, Brazil
1998 Galeria de Arte Prof.Herbert Magalhaes, Bahia Arte, Salvador, Brazil
1997 Casa da Cultura, Passos, Brazil
1997 I Espaço Cultural dos Artistas, Jaraguá Country Clube, Belo Horizonte, Brasil
1997 Fundação Belgo Mineira, Sabara, Brazil
1997 Arts Center at Minascentro Convention Center, Belo Horizonte, Brazil
1996 II Salão de Artes Plasticas, Prefeitura Municipal de Aruja, Aruja-Sao Paulo, Brazil
1996 Fundação Belgo Mineira, Sabara, Brazil
Workshops
2012 Aulas de pintura e escultura – Museu Rodin, Salvador, Ba.
2008 JCC – Jewish Community Center, Bethesda, MD, USA
2008 Art-o-Matic – workshop, sculpture, Washington, DC, USA
2008 Arts Barn, painting and sculpture classes, Gaithersburg, MD, USA
2008 Rosemont Elementary School, Summer School, Gaithersburg, MD, USA
2007 Jewelry - Holiday Park Senior Center, Wheaton, MD, USA
2006 Painting -Holiday Park Senior Center, Wheaton, MD, USA
2005 to 2007 Aulas particulares dadas no meus estúdios em Belo Horizonte em Maryland, MD, USA
Curadoria em Salvador 
2012 – Centenário de Luiz Gonzaga – `Terceiro Itapuã Canta Gonzagão`- Casa da Música, Salvador, Ba 

Escultura intitulada “Momentum”, que a artista plástica Miriam Rylands doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia







Paulo Vicente Mangabeira da Silva
(O artista não gosta de fotos)


Artista natural de Senhor do Bonfim, Bahia, Brasil. Graduou-se na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia. Aperfeiçoou-se em óleo sobre tela, tendo como tema central de seus trabalhos o universo, uma constante preocupação com o cosmos.

Obra de arte intitulada “Aquecimento Global”, que o artista plástico Paulo Vicente Mangabeira da Silva doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









                                                                    Liliana Peixinho

http://www.amigodomeioambiente.com.br/


Fotógrafa, jornalista e ativista ambiental, articulista, Correspondente na Bahia do Jornal Folha do Meio Ambiente, coordenadora da AMA- Amigos do Meio Ambiente e da RAMA - Rede de Articulação e Mobilização Ambiental. Liliana é natural de Barreiras, Bahia, Brasil, graduou-se em Jornalismo Cientifico • OLHAR TRANSVERSAL SOBRE CADEIAS PRODUTIVAS SUSTENTAVEIS • MIDIAS ALTERNATIVAS E COMUNIDADES TRADICIONAIS • MIDIA E MEIO AMBIENTE . O PAPEL DA MIDIA NA CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA SUSTENTAVEL pela Universidade Federal da Bahia, UFBA. Pós graduou-se em Sustentabilidade • MBA Turismo e Hotelaria • Lauro de Freitas, Brazil pela Fabac

Criou o Movimento AMA, Movimento Livre, Independente com ações, campanhas, palestras, oficinas sobre Comunicação e Sustentabilidade, Consumo Consciente, Desperdício Zero.

Segundo Liliana: 

“DESPERDICIO ZERO, CIVILIDADE MIL”

Fotografia intitulada “Olhar transversal” que a Jornalista, fotógrafa e ativista ambiental, Liliana Peixinho, doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









Fotógrafa Profissional e curadora de arte, natural de Minas Gerais, Brasil, especializou-se em fotografia: 
Curso técnico/Wilson Avelar (fotógrafo do Estado de Minas) Fotografia Básica; história e técnica/George Helt (Escola Guinhard) - Curso Fuji (informação & imagem)-Curso de Conservação e preservação de imagens fotográficas/Eduardo Castanho. Prática de laboratório Membro, Federação Internacional de Jornalistas (Membro, Dublin Câmara Club) Irlanda no Brasil, o Brasil na Irlanda, com uma considerável experiência no Brasil, durante 2002 e 2003, visitou a Irlanda e fez cursos para desenvolver suas habilidades de fotografia adicional (na NCAD - Introdução à Fotografia Avançada , Fotografia Galeria - Portraiture Studio), enquanto se organiza a exposição bem divulgada "Celebrar a Páscoa no Brasil", na Capela do Trinity College (patrocinada pela Embaixada do Brasil e a Capelania do Trinity College) participa de uma exposição pela Câmara Dublin Clube na Civic Dublin Museu. Mais tarde, no Brasil, em 2004, trabalhou com o Sr. Patrick Duff, segundo secretário da Embaixada da Irlanda em Brasília, para organizar uma exposição fotográfica, "Irlanda", na Embaixada.

Segundo Elis:

“Gosto de fotografar detalhes. A cada ensaio fotográfico, sinto que meu olhar tem atenção especial para os detalhes.” 

Fotografia intitulada “Interior”, que a Fotógrafa e Curadora de Arte, Elis Taves, doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia







                                                                                           credito Adenor  Gondim
Justino Marinho 



Justino nasceu em Salvador, Bahia, Brasil, desenhista, pintor, curador e crítico de arte, muito contribuiu para difundir os novos artistas baianos. Realizou exposições no Brasil e no exterior, recebeu prêmios nacionais e internacionais, entre eles “XX Prêmio Internacional de Dibuix Joan Miró”, na Fundação Joan Miró, em Barcelona na Espanha.

Exposições Individuais

1976 – Galeria da Associação Cultural Brasil Estados Unidos – ACBEU, Salvador, BA

1978 – Galeria da Associação Cultural Brasil Estados Unidos – ACBEU, Salvador, BA

1980 – Dom Camilo Galeria de Arte, Salvador, BA

1990 – Escola de Belas Artes da UFBA, Salvador, BA

1990 – Pontifícia Universidade Católica, Curitiba, PR

1998 – Galeria Prova do Artista, Salvador, BA

2005 – VI Mercado Cultural – Centro Cultural da Caixa, Salvador BA

2005 – Centro Cultural Correios, Salvador – BA

Exposições Coletivas e Salões

LXXX Salão Nacional de Belas Artes, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, RJ

1975 – 1.° Salão de Artes Plásticas Souza Cruz, Automóvel Clube do Brasil, Rio de Janeiro, RJ

1976 – IX Salão de Arte Contemporânea de Santo André, Centro Cívico de Santo André, Santo André, SP

1977 – 1.° Salão de Verão da Bahia, Museu de Arte da Bahia, Salvador, BA
1977 – III Concurso Nacional de Artes Plásticas da Caixa Econômica do Estado de Goiás, CAIXEGO – Parthenon Center, Goiânia, GO
1978 – 1.° Encontro de Artes da Fundação da Cidade do Salvador, FUNCISA, Museu de Arte da Bahia, Salvador, BA
1979 – 1.° Salão de Artes Plásticas do Museu Regional de Feira de Santana, Feira de Santana, BA 1980 – IV Salão Nacional de Artes Plásticas, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ
1981 – XX Premio Internacional de Dibuix Joan Miró, Fundação Joan Miró, Barcelona, Espanha
1984 – O Rosto e a Obra n.° 7, Galeria do Instituto Brasil Estados Unidos, Rio de Janeiro, RJ
1985 – Velha Mania: Desenho Brasileiro, Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, RJ
1986 – XXXIX Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, Museu do Estado de Pernambuco, Recife, PE
1987 – Panorama da Arte Atual Brasileira, Museu de Arte Moderna de São Paulo, SP
1988 – A Mão Afro Brasileira, Museu de Arte Moderna de São Paulo, SP
1991 – 6.ª ARTEXPO, Los Angelos, Califórnia, USA
1993 – Artistas Baianos, Galeria de Arte da TELEMIG, Belo Horizonte, MG
2001 – Arte-Arte Salvador 450 Anos, Lisboa – Guimarães, Portugal e Macau, China
2007 - Viva Cultura Viva do Povo Brasileiro – Museu Afro Brasil, São Paulo, SP
Prêmios
1977 – Prêmio de Aquisição Fundação Cultural do Estado da Bahia, I Salão de Verão da Bahia, Salvador, BA
1978 – Prêmio de Aquisição Fundação do Museu da Cidade do Salvador, I Encontro de Arte da FUMCISA, Salvador, BA
1998 – Prêmio COPENE de Cultura e Arte, Salvador, BA
Referências Bibliográficas:
Dicionário de Pintores Brasileiros – Walmir Ayala
A Mão Afro Brasileira
Outras Cores – 27 Artistas da Bahia – Claudius Portugal, Calaloo – Volume 18 – Universidade da Virgínia – USA
100 Artistas Plásticos da Bahia – Galeria Prova do Artista
Outras Atividades:
Crítico de Artes Plásticas do Jornal da Bahia de 1975 a 1979
Crítico de Artes Plástica do Jornal Correio da Bahia desde 1979
Apresentador do Quadro Agenda Cultural do Programa Michelle Marie – TV Bandeirantes, de 1998 a 2002
Curador dos Salões Regionais de Artes Plásticas do Estado da Bahia, de 1992 a 2002
Curador da Exposição Desenho Novo, realizada na Galeria ABEU, em 2009
Curador da Exposição Pérolas Imperfeitas, realizada no Museu de Arte Moderna da Bahia em 2009, Centro Dragão do Mar, Fortaleza – Ceará; Museu Afro Brasil, São Paulo – São Paulo; Museu do Estado de Pernambuco, Recife – Pernambuco; Galeria Archidy Picado da FUNESC – Espaço Cultural José Lins do Rêgo, João Pessoa – Paraíba, Museu da Arte Brasileira Fundação Pierre Verger, Maceió – Alagoas, em 2010 e dezenas de outras
Conselheiro da Fundação Hansen Bahia
Atuou como colaborador da Revista Slogan, Salvador-Ba; Guia das Artes São Paulo – SP; Revista Galeria, São Paulo – SP e Arte Bahia, Salvador – Ba.
Tem atuado como jurado em dezenas de salões de artes visuais, em concursos públicos ligados às artes visuais, escrito inúmeros textos de apresentação de artistas e colaborado com instituições como a Galeria ACBEU, Galeria Cañizares da Escola de Belas Artes da UFBa e Caixa Cultural na seleção de suas pautas anuais.

Obra de arte sem título, que o artista plástico Justino Marinho doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Stefanescu Dumitru



http://ro.netlog.com/dumitrustefanescu/blog


Pintor e ilustrador cartunista, que adota o pseudônimo de STEF, Stefanescu é uma personalidade marcante na cultura braileana. Nascido em Braila, (uma cidade e município da Roménia, porto do Rio Danúbio (a 170 km da sua foz no Mar Negro) graduou-se na Escola de Belas Artes "Vespasiano Lungu" - Braila, classe de Professor Mihail Gavrilescu. 

A Exposição de pintura de estréia do artista foi em 1972, no gráfico-humorado satirico em 1992 e na pintura ingênua desde 1997. Tem 20 exposições individuais em Braila, sendo 11 de pinturas e 9 de ilustrações satíricas.

Participou de vários salões, festivais e shows no país: Bucareste, Pitesti, Bacau, Iasi, Vaslui, Suceava, Botosani, Sibiu, Alba Iulia, Fagaras, Resita, Caransebes, Cluj - Napoca, Fetesti, Timisoara, Slatina, Varna-Suceava, Constanta, Arges, Gura Humor, FC, Voluntário, Bucareste, Bistrita, Targu-Jiu, Deva, Targoviste, Galati e Braila.

O artista tem pinturas, gráficos e desenhos animados em museus e coleções particulares no país e na França, Holanda, Turquia, Itália, Bulgária, China, Áustria, Polónia, Chipre, Japão, Croácia, Macedónia, Alemanha, Coréia, Inglaterra, Síria, Noruega, Espanha, Brasil, Sérvia e Romênia.

Publicação em revistas satíricas de humor: “Urzica”,”Bula”,”Soparla”,in carti, reviste de cultura, ilustrate, carti postale si CD-uri.

Por seus méritos excepcionais, já recebeu vários prêmios nacionais, internacionais, diplomas, troféus, placas e álbuns de banda desenhada e pintura.

É encontrado em "Dicionário de arte ingênua na Roménia", "Sites Braila em espiritualidade Romena" Enciclopédia "50 anos de arte ingênua na Roménia" (“Dictionarul Artei naive din Romania”,”Prezente brailene in spiritualitatea romaneasca”,Enciclopedia “50 de ani de Arta naiva in Romania”) 

Uma das três obras de arte intitulada “Paisaj din Sibiu“ que o artista plástico Stefanescu Dumitru doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Daniel Amaral 

Sobre Daniel: http://youtu.be/b6TzzhNKxv4

Natural de São João de Meriti, Rio de Janeiro, Brasil, é autodidata, e, desde criança, encanta a todos com sua arte. Daniel já participou de várias exposições e se aperfeiçoou em óleo sobre tela.


Oleo Sobre tela - Daniel Amaral - Parte 1http://youtu.be/7JfA5LQ_Keo

Oleo Sobre tela - Daniel Amaral - Parte 2


Oleo Sobre tela - Daniel Amaral speed 3.wmv


Obra de arte intitulada “Uma Estrela Chamada Ayrton Senna”, que o artista plástico Daniel Amaral doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









 Hugo Capovila
http://www.espaciolalucha.com.ar/artista.php?artista=4

Nasceu na cidade de Daireaux, província de Buenos Aires, Argentina, mas o seu lugar de residência, até sua adolescência, foi Mones Dogfish, uma aldeia Pehuajo. Lá descobriu, com a ajuda de seu pai, um amor pelo teatro e tango. Após se mudar para Buenos Aires, pós graduou-se em Perito Calígrafo (profissão que detém atualmente), descobriu as artes plásticas, literatura, música e fotografia, desenvolvendo a sua criatividade para o mundo das artes.

Obra de arte intitulada “Gobierno de Lineas n.1”, que o artista plástico Hugo Capovila doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Rene Nascimento:
http://www.casamaisarte.com.br/2010/01/rene-nascimento-recebe-homenagem-em.html

Vídeo com o artista: http://youtu.be/SV8jg3siFX8

Graduado pela EBA, UFMG, BH. Fez cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, RJ e na FAAP, SP. Nasceu em Belo Horizonte, Brasil, radicado nos Estados Unidos, Rene é Artista Plástico e Curador de Arte que promove a arte e a cultura Brasileira nos Estados Unidos. Tornou-se conhecido através dos painéis de grande porte que vem produzindo em espaços públicos. Rene recebeu em 2009 a "Soberana Ordem do Mérito Empreendedor Juscelino Kubitschek" oferecida pela CICESP. Recebeu também junto com outros artistas diploma oferecido pela Masonic lodge de Nova York por contribuição artística a esta entidade. Teve a honra de pintar o retrato da escritora e acadêmica Brasileira Nelida Pinon para a Biblioteca Brasileira de NY, onde assinou também retratos de outros grandes nomes da ABL como do Ex Presidente Jose Sarney, Ana Maria Machado, Marcos Villaca e do cineasta Nelson Pereira dos Santos. Dentre outras homenagens recebeu também em 2008 o "Brazilian Press Award" como destaque brasileiro nas artes plásticas nos Estados Unidos e em 2003 o "Brazilian Online Award" como destaque nas artes em Nova York. (Informações extraídas do site:http://www.casamaisarte.com.br/2010/01/rene-nascimento-recebe-homenagem-em.html)

Graduado pela EBA, UFMG, BH. Fez cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, RJ e na FAAP, SP. 

Exposições coletivas: Studio de Arte, BH (1982); Galeria Guignard, BH (1983); Feira de Desenhos e Gravuras, Telemig, BH (1984); 1990+11, Centro Cultural UFMG, BH (1990); 10 Talentos, Galeria de Arte Sesiminas, BH (1991); Festival de Inverno de Santa Luzia, MG (1993); Artistas Mineiros, Centro de Apoio Turístico Presidente Tancredo Neves, BH (1993); 2 Artistas, Vila Santo Antônio, BH (1994); Domingos Martins Art Gallery, Amsterdam, Holanda (1994); 3 Artistas, Telemig (1995); Artistas Mineiros, Ouro Preto, MG (1995); Das Coisas de Minas, Casa de Cultura Passos, Passos de Minas, MG (1996); Tribunal da Alçada, BH (1997); Encontro das Artes, Minas Casa, BH (1997); Semana de Arte, SEBRAE-Minas, BH (1997); A União da Arte Mineira nos 100 Anos de Belo Horizonte, ALEMG, BH (1997); Abraço dos Artistas Mineiros, Telemig (1998); Desenhos em Preto e Branco, Atelier Crisálida Boerger/Solange Pretti (1998); Arte no Futebol, Mercado da Lagoinha, BH (1998); Verão, Mercado da Lagoinha (1998); Pequeno Quadro, Serre e Zucleratto Galeira de Arte, BH (1998); Pequeno Quadro, Mercado da Lagoinha (1998); Projeto Minas Além das Gerais, SEBRAE, Salvador (1998); Universidade Veiga de Almeida, RJ (1999); Chase Manhattan Bank, Nova Iorque (1999); Sede da ONU, Nova Iorque (1999); Brasil 500 Anos, Sede da Ligion of Good Will, Nova Iorque (1999); Very Special Arts, Palácio das Artes, BH (1999); Dois Anos Mercado da Lagoinha, Galeira do Mercado da Lagoinha (1999); Dia do Trabalho, Dia Internacional da Mulher e Dia do Índio, Mercado da Lagoinha (1999); Coletiva no Hilton Brasilton, SP e Contagem (1999). Fez individuais na Nossa Casa Galeria de Arte, BH (1980); Hotel Del Rey, BH (1980); Casa dos Contos, BH (1998); Atelier Crisálida Boerger, BH (1998) e Teatro da Villa, Tiradentes, MG (1998). Participou do Painel da Prefeitura em Comemoração do Aniversário dos 100 anos de Belo Horizonte e do Painel alusivo ao Dia Internacional da Mulher, Colégio Arnaldo e Parque Municipal, BH (1998). Tem obras no Mosteiro de Macaúbas, Santa Luzia, B ( Informações extraídas do site:http://www.comarte.com/renenasc.htm

Obra de arte intitulada “Tie ‘s Follies”, que o Artista Plástico e Curador de Arte Rene Nascimento doou ao Acervo Permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









José Henrique Barreto e Luiz Claudio Campos


Dois Artistas talentosos. José Henrique é natural de Salvador, Bahia, Brasil, e Luiz Claudio é natural de Ilhéus, Bahia, Brasil, ambos já participaram de diversas exposições e uniram-se para fazer um trabalho único e exclusivo para o acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia
Sobre José Henrique:
Graduou-se na Escola de Medicina e Saúde Pública (Baiana) e é Mestre em Artes Visuais pelo PPGAV/EBA/UFBA (Universidade Federal da Bahia) Mestrado em Saúde Coletiva e o Doutorado em Medicina e Saúde pela UFBA (Universidade Federal da Bahia)

Sobre Luiz Claudio:

Graduou-se na Escola de Belas Artes - UFBA (Universidade Federal da Bahia) e é Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes - Universidade Federal da Bahia)

Obra de arte intitulada “Pagadores de Promessa” que os artistas plásticos, em parceria, José Henrique Silva Barreto e Luiz Claudio Campos doaram ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Martin Gil Mariño
Vídeo do artista: http://youtu.be/R34SjqIA0YQ

Nasceu em Buenos Aires, Argentina. Estudou pintura e desenho com J.L. Gómez, Ernesto Pesce y Jorge Ludueña.

EXPOSICIONES INDIVIDUALES:

2006: Salón UADE

Galería Andrina Indik

Donación Museo Irureta, Tilcara, Jujuy.

2005: Galería Pons. Centro Cultural Los arquitos, Aguascalientes, México.

2004: Gelería Arnold Belkin, Museo Universitario del chopo, México DF. (UNAM)

1995: Casa Figueroa, Bs. As.

1993: D/R Design Research, Bs. As.

1992: Casa Figueroa, Bs. As.

1991: Centro Cultural Recoleta - D/R Design Research, Bs. As.

1988: Departament of Literatures an Languages,iversity of California – USA

1987: Centro Cultural Malvinas, Bs As – Museo de Arte Moderno de La Plata, Pcia. de Buenos Aires

1986: Centro Cultural Gral. San Martín, Bs. As.

1983-1982-1981-1980-1979: Galería Angelus, Bs. As.

1978: Galería Meridiana, Bs. As.

EXPOSICIONES COLECTIVAS:

2003: Premio Galerías Pacífico, Centro Cultural Borges

Salón Nacional

Salón Municipal Manuel Belgrano

2002: Salón Nacional

Salón Municipal Manuel Belgrano

2001: Asociación Cultural Cuixart Holiday Inn, Cba., Cba.

Salón Municipal Manuel Belgrano
2000: XIX Salón Pintura Fundación Pro Arte Cba., Cba.
III Salón Nacional de Salta, Salta.
Salón Nacional
Salón Manuel Belgrano
1999: Salón Belgrano
Salón Pro Arte Cba., Cba.
1998: Premio Constantini, Bs. As
Salón Belgrano
Salón Pro Arte Cba., Cba.
1997: Salón de Santa Fe, Santa Fe
Salón Belgrano
Salón Pro Arte Cba., Cba. (Museo Caraffa)
1996: Premio Dr. Genaro Pérez. Cba, Cba.
Salón Belgrano
Salón Pro Arte Cba., Cba (Museo Caraffa)
Salón Nacional.-
1995: Salón de Santa Fe, Santa Fe
Premio Dr. Genaro Pérez. Cba, Cba.
Salón Belgrano
Salón Pro Arte Cba., Cba.
1994: LXX Salón Anual de Santa Fe, Santa Fe
Salón Pro Arte Cba., Cba.
Salón Belgrano
1993: Salón Manuel Belgrano
Salón Pro Arte Cba., Cba.
Casa Figueroa – 15 años de la fundación dela Galeria Ángelus.
1992: 12º Premio Fundación Pro Arte, Cba. (Museo Caraffa)
Salón Manuel Belgrano
Salón Nacional.
Premio Dr. Genaro Pérez. Cba, Cba.
1991: Salón Manuel Belgrano
Casa Figueroa (Feria Navideña 1991)
Centro Amalia Fortabat (Contra Color)
Fundación Casa San Telmo.
Salón SAAP.
1990: XXXI Salón Manuel Belgrano
Casa Figueroa
1989: Salón Nacional.
Casa Figueroa
Salón Belgrano
1987: Museo Municipal de Bellas Artes, La Plata
Museo Sívori Bs. As.
1986: Colegio de Graduadas de Ciencias Económicas
Centro Cultural Gral. San Martín. (Resumen 86)
Galería Casa Pardo (Heterodoxia)
Centro Cultural Malvinas (Obras destruidas en el Salón Nacional)
1985: Galería 264
Salón Nacional
1983: Salón ESSO
Salón Nacional
Galería el Agora
Galería Ángelus (Arte de bolsillo)
1981: Auditorio Bs. As. (Homenaje a John Lennon)
Salón Nacional
Galería Ángelus (Homenaje al Cine)
1980: Dibujo 80, Nuevas Tendencias, Galería Hoy en el Arte 
Dibujo argentino, Nuevas expresiones, Centro Municipal de exposiciones
2º Salón Banco Comercial del Norte para todo el país, Museo de Bellas Artes, 
Tucumán.
EXPOSICIONES COLECTIVAS: Salón de Lujan
Salón de Galería Praxis
Salón de Otoño de San Fernando
Artistas de las Galería Ángelus.
1978: Galería Ángelus (Peq. For.)
MEEBA - Hospital Fernandez
Salón de Otoño de San Fernando.
1977: Galería Meridiana – Galería Vía Flores.
PREMIOS:
2000: Mención del jurado Salón Nacional de Salta, Salta
1997: Mención de Honor Salón Pro Arte, Cba.
1991: Premio Mención Honorífica Salón Municipal Manuel Belgrano Bs. As.
1980: Mención de Honor en el 2º Salón Banco Comercial del Norte para todo el país, Museo de Bellas Artes, Tucumán.
Figura en Varios anuarios de Plástica Argentina, y en el breve diccionario de la Pintura Argentina de Maria Laura San Martín. 
Colaboró dibujando para la revista de hablas hispana “A la luz”, del Departament of Literature and Languajes, University of California, USA
Poseen obras suyas colecciones de Uruguay, Francia, Estados Unidos, Brasil, Chile y Argentina.
Obra de arte intitulada “La que com gelo se acues ta a SUS horas canta”, que o artista plástico Martin Gil Mariño doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










José Capitão-Arte Mor



Artista autodidata, natural de Barreiro, Portugal. Desde criança demonstrou interesse pelas artes, aos sete anos fez o seu primeiro trabalho a carvão, técnica que sempre apreciou e desenvolveu ao longo dos anos. Na adolescência participou de algumas exposições coletivas e teve a oportunidade de expor e pintar ao vivo na Rua Augusta, em Lisboa, Portugal.

Nos últimos anos tem-se dedicado a uma coleção de janelas históricas portuguesas elaboradas à base de pasta de modelagem de uma forma quase escultural.

Exposições

1984/85 – Pintura ao vivo, na Rua Augusta (Lisboa)

1990- Casa da Cultura, no Barreiro

1999- Mostra de Arte, em Loulé

2007- Salão Nobre, em Faro (inaugurada pela Secretária de Estado da Cultura Drª Idália Moniz)

2007- Mercadinho de Loulé

2007- Exposição colectiva de beneficência da Associação Sol, em Faro

2008- Mostra de Arte, em Loulé

2008- Mercadinhos de Loulé

2008- Arte Viva – Museu do Traje, em S. Brás de Alportel

2008- Centro de Artes e Ofícios, em Loulé

2008- Exposição no Versus, em Loulé

2009- Mostra de Artes Plásticas, em Loulé

2009- Feira do Artesanato de Loulé

2009- Arte Viva – Museu do Traje, em S. Brás de Alportel

2009 – Feira do Artesanato, em Almancil

2009 – Galeria de Arte – Museu do Traje, em S. Brás de Alportel

2009 – Exposição de Natal - Santa Casa da Misericórdia, em Alcantarilha

2009- Exposição Portugal visto por janelas(Galeria praça do Mar Quarteira)

2010 - Festival MED - Loulé

2010 - Feira do Artesanato de Loule

2010- Arte Viva Museu do traje,em S.Bras de Alportel
2010 - Noite Branca Loulé- Exposição e Pintura ao vivo com participação de Crianças e adultos.
2010- Museu de Arte Contempôrania da Bahia - Brasil - Doação de tela para acervo em Galeria Permanente.
2010 - Galeria D.Dinis "Aproximar" colectiva coimbra. 
2011- Galeria Sirius em coimbra "Salutares Momentos"
2011 - Exposição "Unidos pela Arte " D.Dinis em Coimbra.
2011- Exposição colectiva " Encontro de Sonhos " D.Dinis em Coimbra
2011- Exposição "Sempre Nós" - Forum de Torres Novas .
2011 - Exposição Colectiva " Divercidades em Coimbra
2011- Mascaras Exposição Livre - Associação Taacto - Torres Novas .
2011- Exposição Colectiva " Solidariadade "- Arteclub Oliveira de azemeis.
2011- Arte é vida - Casa de Cultura Sta. Combadão .
2011- " Pascoa Liberdade " colectiva Associação TAACTO. Torres Novas .
2011 - Fiarte - Feira internacional de Artes plasticas em Coimbra- Participação com uma folha no anuário de Arte 
2012- Exposição colectiva na Galeria de Arte curtain centre -Almancil
2012 Exposição Elementos da Vida Galeria praça do Mar Quarteira .
Obra de arte intitulada “Mar”, que o artista plástico José Capitão-Mor
doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









                                                            Jorge Enrique Igua Martinez

Artista autodidata, nasceu em Bogotá (Colômbia), desde criança Jorge Enrique é apaixonado por desenho. Graduou-se em Design Gráfico na Escola de Artes e Letras de Bogotá (EAL). Começou sua vida artística em 1996, especializando em acrílica e óleo sobre tela. 

Segundo o artista: 

“Todo o meu trabalho, desde o início, tem sido associado com o estilo surrealista através do figurativo e social, você tem que acreditar em sonhos e talvez deveria sentir e compreender, espontaneamente expressar idéias que impulsionam a fazer uma coisa, é um sentido livre pop, sentimentos e idéias, não é necessário apenas ver a superfície, deve ser aprofundada com paixão, paixão une todos os nossos sentidos, mas talvez o mais difícil de fundir é o senso comum. "Isso me motiva a transformar palavras, sentimentos e sonhos em realidades e cores, transformando em uma obra de arte, onde os seus significados são universais para que todos possam ler."

Jorge Enrique Martinez Igua é representado na Europa por COLOMBIArtística , e foi convidado a expor no Salon "LES toiles DE L'Hiver" (telas de Inverno) na preferência cultural e histórico, Le Marais, na Galeria Thuillier 

Obra de arte intitulada “Fantasmagoria de una Guerra”, que o artista plástico Jorge Enrique Igua Martinez 

doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








                                                                   Roxana Muchnik

Sobre Roxana:http://www.roxanamuchnik.com.ar/obras_tango.php

Nasceu em Buenos Aires, Argentina, desde criança demonstra um grande talento para as artes plásticas. Roxana é arquiteta formada pela Universidade de Buenos Aires e fez Pós-Graduação em Estudos de Arquitetura na Universidade de Buenos Aires. A artista estudou desenho, pintura e cerâmica em diferentes ateliês de arte, tais como: Anines Macadam e Sanguinetti Alejandra. Roxana é membro do "Museo Austral de Arte Naif", Argentina e já participou de diversas exposições, principalmente em galerias em Buenos Aires, Nova York e Israel.

Histórico:

1989

Concurso de Arte Naif. Complejo La Plaza. Seleccionada.

1990

VII Salón de Arte Naif "Hoy en el Arte".Seleccionada.

Salón de Arte Naif. ALAP. Seleccionada.

Salón de Navidad. ALAP. Seleccionada.

Casa de la Cultura de San Isidro.Seleccionada.

1992

IX Salón de Arte Naif "Hoy en el Arte".Seleccionada.

1993

III Concurso de Arte Naif. Casa Cuna. Cuarto Premio.

1994

I Salón "Lo mejor del Naif". Fundación Raggio. Seleccionada.

IV Concurso de Arte Naif de Navidad. Casa Cuna. Seleccionada.

Salón Naif Pequeño Formato. Fundación Raggio. Seleccionada.

II Salón de Pintura Naif en adhesión al Centenario de la Avenida de Mayo. Primera Mención.

1995

X Salón de Arte Naif "Hoy en el Arte". Seleccionada.

1996

Galería Libertad. Querétaro. México. Seleccionada.

II Salón Naif. Museo Rómulo Raggio. Seleccionada.

II Salón de Pintura y Dibujo Naif del Delta. Seleccionada.

1998

Salón Naif Museo Rómulo Raggio. Seleccionada.

Salón Azul Congreso de la Nación. Artistas por Amor.
1999
Salón Arte Naif. "Encuentrarte 99". Tercer Premio.
Salón del Paisaje. "Encuentrarte 99". Mención.
2000
Bienal Arte Naif Fundación Rómulo Raggio. Seleccionada.
2002
Bienal Arte Naif Fundación Rómulo Raggio. Segundo Premio.
2003
Concurso "Antiguo Testamento". Galería Hoy en el Arte y Galería Gina de Israel. Mención del jurado.
2004
Naivism Revisited. Galería Gina, Israel.
Bienal Arte Naif Fundación Rómulo Raggio. Segundo Premio.
2005
Concurso "Sansón y Dalila". Galería Gina de Israel. 
Mención del jurado.
Concurso Galería Nuevo Abasto. Primer premio.
2006
Tango Tales, Gaucho Trails: The naives of Argentina. Gina Gallery, Tel Aviv.
2007
Simple Pleasures, Bygone Days. The naives of Brazil and Argentina.Gina Gallery, Tel Aviv.
Expoartistas 2007. Centro cultural Borges.
2008
Gina Gallery NY. Oppening.
Fundación Rómulo Raggio. Salón Naif.
Arte Naif. Salón Invitación 2008. Fundación R. Raggio.
Arte Naif en Pilar. Galería Hoy en el Arte.
Wiinsome Days Wondrous Nights. The Naives of Argentina. Gina Gallley, New York.
Arte Naif en Pinamar. Galería Hoy en el Arte.
2009
Town and Country. Gina Gallery, Tel Aviv.
Naivism: A Harvest of Color. Gina Gallery, New York.
Color the Year Naïve Gina Gallery. Tel Aviv.
Otras muestras
Café de la Subasta. Colectiva.
Alianza Francesa. Colectiva.
Galería Forma. Colectiva.
Café San Miguel. Muestra de Navidad. Individual.
Caja de Ahorro y Seguro. Colectiva.
Centro Cultural La Imprenta. Colectiva.
Galería Mediterránea. Colectiva.
Sindicato de Empleados de Comercio. Colectiva.
Museo Naif de La Hoya. Chubut. Colectiva.
Municipalidad de Carmen de Areco. Buenos Aires. Colectiva.
Incorporación al Museo Austral Naif. Casa del Chubut.
Muestra Bolsa de Valores. Colectiva.
Muestra Taller de Alejandra Sanguinetti. Ex Casa de la Moned
Obra de arte intitulada “EL 17”, que a artista plástica Roxana Muchnik doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia











Astista uruguaio, estudou na Escuela Nacional de Bellas Artes de Santo Domingo, Montevidéu, República Oriental do Uruguai. 
Estudos:

Curso de DESIGNER GRÁFICO pelo Professor Ramon LUNA. OPERADOR Office do Windows XP. Workshop de Computação. Impressão em tela pelo professor ANABEL Regueiro. INSTITUTO Ceramology. FUNDAÇÃO condorhuasi. CERÂMICA ALTA. Participação e estudos aprofundados da arte cerâmica Terceiro da América Latina. Florianópolis. Barradas Brasil.Taller. Técnicas expressivas na educação. A participação no curso ", como coordenador criativo", coordenado pelo escultor argentino Juan José Mosca. UNIVERSIDAD DA REPÚBLICA. Instituto Nacional de Belas 1992. INSTITUTO URUGUAIA Artes.1990-educação através da arte. Barradas oficina. Coordenador do curso Oficina de Expressão Artística. URUGUAIA Educação pela Arte (AUDEPA) Participação: 4as.jornadas uruguaios. 3as.jornadas River Plate. Sur.1992.ASOCIACIONSegundos cone 1as.jornadas cursos de aprofundamento em arte-educação. "Ensino em arte-educação". Coordenado pelo professor SL Elsa Gonzalez. IMEPA professor didático (Instituto Municipal de Educação pelo ART AVELLANEDA, ARGENTINA) 1991. Centro de treinamento em Especialista em Educação (Zabala 1322 Montevideo Uruguai) workshop "Máscaras" (Formação em máscaras de construção técnicas e atividades corporais relacionadas com o uso dos mesmos) 1991.INSTITUTO DE CERAMOLOGIA. FUNDACION CERÂMICA. Participacão CONDORHUASI. ALTA e estudos aprofundados no "Encontro Latino-Americano de Arte Cerâmica", em Santiago del Estero (ARGENTINA) 1990. INSTITUTO Ceramology. FUNDAÇÃO condorhuasi. CERÂMICA ALTA. . Cerâmica curso profundidade Uruguay.1982 Montevidéu-URUGUAI TRABALHO Escola 1984 .UNIVERSIDAD de Artes e Ofícios "Dr.Pedro Figari." Título: Artista-1984 CASA Publicitario.1983 Curso de História da Arte IMM Municipal de Cultura, Cerâmica, Desenho e Pintura.1975-1980 HIGH: Liceo Departamental JMCampos (Mercedes, Soriano) 1969-1974.PRIMARIA: Escola # 24 (Mercedes, Soriano) 1969-1974 Docente1993-1994. Oficinas de cerâmica coordenadas para estudantes de segundo ano do Colégio Liceu e Bartolomé Hidalgo. 19 de abril de 1140. Montevidéu. E coordena oficinas artísticas Uruguay. Organiza expressão para os alunos do 3 º ano juntamente com os professores de literatura, nos mesmos colégios. Coordena oficinas de expressão artística para todos os graus de Escola Pública 189 BENITO Não. Oficina JUAREZ.1992. (Pintura). 

Suas obras ficaram conhecidas em diferentes países, tais como Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, etc. 

Segundo Daniel:

" Basicamente o trabalho de arte que eu tenho feito é baseado na utilização de uma impressora multifuncional e programas como o Adobe Photoshop. Adobe Illustrator e Corel Dr. deles tentaram a sua melhor chance de todo o caráter de minhas intenções criativas, numa atitude sem preconceitos importante, porque eu admito que é relativamente novo e inovador em minha experiência artística. Minha atitude, desde o início, tem sido a de considerar que são ferramentas, atual e diferente, apenas isso, e aceitar os desafios que estas apresentem ... Até agora, o processo tem sido usado scaneado de vários elementos, processá-los de tantas maneiras que eu posso pensar e depois trabalhar sobre esses resultados com os programas acima ... o scaneado me permitiu manter uma certa ligação com o mundo real ou o próprio material, o que gera um encanto especial, principalmente ... até agora tenho propostas e, por vezes, quase sem meditar, quase de tudo, uma atitude de profunda investigação, jogar jogos que deliberadamente algo mais concreto, específico. Esta atitude lúdica, eu acho que um monte de liberdade permitiu-me ligar, de uma forma muito agradável e produtiva, com estas ferramentas quase mágicas, às vezes ... a raiva da estrada identificando novos desafios, descobertas, conquistas, mas o mais importante tem sido uma experiência interessante e agradável ... 

Obra de arte intitulada “Laberinto de Emociones”, que o artista plástico TRINDADE DANIEL SCHEER 

doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









Camilo Parodi Abondano

Sobre Kami: http://www.bykami.com/

Vídeo EXPOSICIÓN BUDAS Y GEISHAS by kami:http://youtu.be/KIxdlzjj-j0

symphonic melody: http://youtu.be/AmB1MqFlXwM

Kami nasceu em Bogotá, Colômbia, Artista e designer, Formou-se em Diseño Gráfico Animación Multimedia no La Salle College, estudou Língua japonesa, Ambato na Pontificia Universidad Catolica de Ecuador, Língua inglesa no kw English School Kitchener ON Canada e IBEC e o idioma português no Pontal Dos Ilhéus, Bahia, Brazil. Sua paixão e inspiração é o Japão, por isso estudou a língua japonesa e começou a criar pinturas sob a influência de Ukiyo-e, e através deste tem um grande interesse nos movimentos e nas formas de expressão, e também pela mundo do design, ilustração e animação.

Segundo Kami: 
“El reconocer que somos un solo cuerpo energético que respira con la tierra y el universo, el comprender que somos parte de Dios o esa energía que le da vida a todo lo que vemos y sentimos. El entender que nosotros mismos somos dioses de nuestros actos y creadores o destructores de nuestro mundo individual, que tiene un efecto y una reacción karmica con las personas que nos rodean. El usar el arte como un medio de purificación de pensamientos de sentimientos, una terapia para el alma que va a repercutir en nuestra vida. Esa es mi intención como artista, ayudar a despertar de la inconsciencia colectiva y quitar el velo de la ignorancia para reconocernos como seres espirituales creadores de nuestro mundo y dadores de amor.”

Estudios:

2002 - Idioma Japonés - Quito Ecuador.

2001 - Ilustración Manga - Quito Ecuador.

2001 - Pintura & xilografía - Quito Ecuador.

2004 - Ilustración con tintas rostros y paisajes - Kitchenner Canada.

2004 - Idioma Ingles - Kitchenner Canada.

2005 - idioma Portugués - Bogotá Colombia.

2008 - Taller Arte consiente La pintura a través de la meditación ( Mandalas tibetanos, pintura budista ) - Bogotá Colombia.

2009 - Diseño Gráfico animación web y multimedia - Lasalle Collage - Bogotá Colombia - Montreal Canada.

2009 - Body Paint & Tattoo - Bogotá Colombia.

2010 - Tatuaje en Henna - Bogotá Colombia.

2010 - Taller de Ilustración y pintura ( Modelo en vivo ) - Bogotá Colombia.

2011 - Video arte & intervención fotográfica - Bogotá Colombia.

2011 - Ilustración Digital - Bogotá Colombia.

2012 - Cinemagraph - Bogotá Colombia.

Exposiciones:

2008 - Body Painting performance Blue Dragon - Bogotá Colombia.

2009 - Budas y Geishas - Bogotá Colombia.

2009 - Performance arte en vivo Mandala en arena - Bogotá Colombia.

2010 - Help us! Niños víctimas de la violencia - Bogotá Colombia.

2010 - Performance arte en henna pintura en vivo - Bogotá Colombia.

2010 - Body Paint Black & White Dragon - Bogotá Colombia.

2011 - La patria al desnudo muralismo - Bogotá Colombia.

2011 - La explosión de la energía kundalini - Bogotá Colombia.

2011 - Obra alma gemela - Salvador de Bahia Brasil.

2011 - performance body paint Purple Dragon - Bogotá Colombia.

Obra de arte intitulada “Alma Gemela”, que o artista plástico Camilo Parodi Abondano doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Vito Cano

Sobre Vito: http://vitocano.blogspot.com.br/

Página do artista: http://www.facebook.com/paginavitocano


Segundo Vito:

"El arte no es morirse de frío, sino de gusto"

Artista autodidata, natural de Almendralejo, Espanha

EXPOSIÇÕES 

1992 

- Badajoz Arquitetos Colégio Oficial. (Badajoz, Espanha) 

1993 

- Badajoz Savings Bank (Mérida, Badajoz, Espanha) 

1994 

- Badajoz Savings Bank (Almendralejo, Badajoz, Espanha) 

- Hotel Meliá (Cáceres, Espanha) 

- Cultura Chipiona casa (Cádiz, Espanha) 

1995 

- "Bahía de Cádiz" Casino (Puerto de Santa María, Cádiz, Espanha) 

1996 

- Vortex Câmara (Mérida, Badajoz, Espanha) 

1997 

- Feira de Arte Contemporânea Padova (Itália) 

- Feira de Arte "Cristian Nisa" (Badajoz, Espanha) 

1998 

- Galeria de Arte "Diana" (Ferrara, Itália) 

1999 

- Badajoz Savings Bank (Almendralejo, Badajoz, Espanha) 

- Feira de Arte Contemporânea 2000 (San Francisco, EUA) 

2003 

- "A vida em pausa." Martinez Glera Galeria (Logroño, Espanha) Catálogo. 

2004 

- Schlegel Foundation (Almendralejo, Badajoz, Espanha) 

- Coletiva de Verão 2005. Martinez Glera Galeria (Logroño, Espanha) 

- Salon des Antiquaires et Galeries de Biarritz (França). 
- "A cor com o calor." Martinez Glera Galeria (Logroño, Espanha) 
- "Como um sonho feliz." Island Palace, Cáceres prefeitura (Espanha) 
- "Como um sonho feliz." Schlegel Foundation (Almendralejo, Badajoz, Espanha) 
- Brochura e Catálogo. 
- "Pequeno Formato". Martinez Glera Galeria (Logroño, Espanha) 
2007 
- "Trabalhe, pessoas e dia." Martinez Glera Galeria (Logroño, Espanha) 
- Exposição coletiva comemora o 25 º aniversário da 
Fundação Andres Coello (Valladolid, Espanha) - 
2008 
- Oviedo Galeria BBVA (Astúrias, Espanha) 
- Galeria de Iraide (Álava, Vitoria, Espanha) 
- Exposição Internacional de Artes 14 de Vendas Novas. 
- Auditório Municipal (Vendas Novas, Portugal). 
2009 
- Galeria "Jovenart" (Madrid, Espanha) 
- Exposição Popular Universidade Hall "Luis Gonzalez Gonzalez", Santa Marta de los Barros (Badajoz, Espanha) 
- Sala de Exposições Badajoz Savings Bank (Almendralejo, Badajoz, Espanha) 
- "Cano Vito, um passeio através Extremadura". AGCEX exposição itinerante. (Extremadura, Espanha)
Galeria II Nacional de Artistas Grupo Maria Nieves Martín de Exposições (Villafranca de los Barros, Badajoz, Espanha) -. 
- Oriente e Occidente Galeria (Valencia, Espanha). 
- Exposição individual no Auditório Municipal, (Vendas Novas, Portugal). 
- Exposição Internacional de Artes 15 de Vendas Novas. 
- Auditório Municipal, (Vendas Novas, Portugal). 
2010 
- "Cano Vito, um passeio através Extremadura". AGCEX exposição itinerante. (Extremadura, Espanha)
Murais e Obras Permanentes: 
"A Família de Pascual Duarte", mural de mosaico em frente Torremegia Cultura Casa, Badajoz, Espanha. 
"Vinexsa" adega Almendralejo, Badajoz, Espanha. 
Eisner Foundation, Padrón, na Galiza, Espanha. 
Tierra de Barros Hospital Mural de 40 m2 em Almendralejo, Badajoz, Espanha. 
Escola de Formação Mural 30 m2, Almendralejo, Badajoz, Espanha. 
Museu Taurino em Jerez de la Frontera, Cádiz, Espanha. 
Prêmios e Concursos:
Primeiro Prêmio "Centro de Educação e Recreação", em Villafranca de los Barros, Badajoz. 2008 
Primeiro prêmio "Vinhos Valdequemao" Villafranca de los Barros Cooperativa S. Isidro, Badajoz, Spain.2007 
Segundo Prémio de pintura "Obrero Extremeño" Almendralejo, Badajoz, Espanha. 2001 
Segundo Prémio de Pintura "Obrero Extremeño" Almendralejo, Badajoz, Espanha. 2000 
Selecionada no Prêmio "Eugenio Hermoso" Fregenal de la Sierra, Badajoz, Espanha. 2000 
Segundo Prémio de Pintura "Obrero Extremeño" Almendralejo, Badajoz, Espanha. 1999 
Segundo Prémio de Pintura "Obrero Extremeño" Almendralejo, Badajoz, Espanha. 1995 
Selecionada no Prêmio "Duran" Comunidade de Madrid, Espanha. 1993 
Selecionada no Concurso "Eugenio Hermoso" Fregenal de la Sierra, Badajoz, Espanha. 1992 
"Abelardo Covarsí" Primeiro Prêmio, Badajoz, Espanha. 1991
Obra de arte intitulada “La Tacita de Café”, que o artista plástico Vito Cano doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia











Martha Tominaga



Nasceu em Lomas de Zamora, província de Buenos Aires, Argentina. Desde criança demonstra grande talento para as artes plásticas. 

A partir 1994 tem participado em inúmeras exposições no seu País, bem como no México, Itália e Israel.

Recebeu diversos prêmios e menções honrosas, em 1999 o 1º Prêmio e a 2ª Menção na Competição de Pintores Naïfs, na Encuentrarte Gallery, Buenos Aires; em 2004 o 1º Prêmio do Esteban Echeverria Salon, San Fernando, Argentina e em 2005 o 1º Premio no Concurso “Sansón y Dalila” na Gina Gallery, Tel Aviv, Israel.

Martha Tominaga é membro do Museu Austral de Primitivos de Esquel em Chubut, Argentina e foi seleccionada pela LALCEC, Fundación Huésped y Hospital de Clínicas para realizar os seus cartões de Natal e Fim de Ano.

Fonte: //allartsgallery.com

Exposições individuais

• 1996 – Libertad de Queretaro Gallery, Mexico 

Exposições coletivas

• 2001 – 7th International Show of Naïve Painters, Castelvetro, Italy 

• 2003 – 9th International Show of Naïve Painters, Castelvetro Italy 

• 2003 – “The Naïve World”, GINA Gallery of International Naïve Art, Tel Aviv 

• 2006 – “Tango Tales, Gaucho Trails: The Naives of Argentina”, GINA Gallery of International Naïve Art, Tel Aviv 

• 2007 – "Simple Pleasures, Bygone Days: The Naives of Brazil and Argentina", GINA Gallery of International Naïve Art, Tel Aviv 

• 2009 – "Colorful Women", Israel Opera House, Tel Aviv 

Prêmios

• 1999 – 1st Prize and 2nd Mention in the Naïve Paintings Competition, Encuentrarte Gallery, Buenos Aires 

• 1999 – 2nd Mention Annual Encuentr’Arte Paintings Exhibition, 

• 1999 – 4th Mention Arton Paper” Mini Format Exhibition Encuentarte Gallery, Buenos Aires 

• 2000 – 3rd Mention, Fourth International Naïve Biennal, The Museum of the Romulo Raggio Foundation, Buenos Aires 

• 2002 – Grand Prize, 5th International Naïve Biennial, The Museum of the Romulo Raggio Foundation, Buenos Aires 

• 2003 – Jury’s Choice, “Naïve Art and the Old Testament”, Hoy en el Arte Gallery, Buenos Aires 

• 2004 – 1st Prize, Esteban Echeverria Salon, San Fernando, Argentina 

• 2005 – Grand Prize of Honor, Nuevo Abasto XXI Salon of Naïve Art, Buenos Aires 

• 2009 – "Artistas por Amor II", Estudio 9 Arte, Buenos Aires, Argentina


Obra de arte intitulada “Estacion Urquiza”, que a artista plástica Martha Tominaga doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Mario Francisco Almaraz

Sobre Mario: http://maritoalmaraz.blogspot.com.br/

Artista argentino, Bacharel em Artes Plásticas, Ilustrador, Cartunista e Coordenador de Artes Visuais gráficas, membro da equipe da Revista Sex Humor-criativo, publicado em: Daily Nation, Tele Click, o gráfico, Humi, Humor Negro, Humor, Sexo Humor, O Sul também Rir, Interior Suplemento suplementos diários do jornal La República do Uruguai, PC World Magazine, com certeza, hoje a nossa Revista, Discover, Três Limites, The Suburbs Magazine, Médico educável, All Risk Magazine, Revista Saúde FEMEBA, FEMEBA , Jornal de gráfico, Billiken, Revista Você SA, O Batracio Amarelo (Granada, Espanha), APYME, Ediciones del Mar, um compartimento Fundo, Editorial Buenos Aires. Professor do Programa de Descentralização Cultural da Prefeitura Municipal de Avellaneda. Programa de Recuperação e Conservação, e Integra a equipe de Patrimônio Cultural do Ministério da Economia da Argentina. 

Livros: Humor político, Piadas para carregar o bosteros, Encontro de dois mundos, As crianças com Humor, Novos comediantes argentinos, Livros escolares (Aique), Edições Belin (Paris). Enviado por: Diario La Prensa-Black River Journal-Tribune APYME Skip-Journal 

Obra de arte intitulada “Encerraditos”, que o artista plástico Mario Francisco Almaraz doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia

  









Abnas Abdeljaoued Nasraoui

Artista autodidata, natural de Thala, Al Qasrayn, Tunisia, é escultor, pintor e formou-se na Universidade Bir el Bey. Abnas é o Fundador do Festival tem Thala, Fundador do Campo de Escultura em pedra em Thala e Fundador do Festival de Ceuillette ALFA Kasserine. Abnas já participou de diversas exposições e tem os seus trabalhos conhecidos em vários países do mundo.

Segundo Abnas:

“ Eu não acho que um homem mau pode se transformar em um grande artista”

Obra de arte sem título que o artista plástico Abnas Abdeljaoued Nasraoui doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Flávia Taiano

Sobre Flávia e sua galeria: http://www.solardocarmo.com.br/o-hotel/atelier.php

Nascida em Tupã, estado de São Paulo, Brasil, e graduada em Direito pela Fadap - Faculdade de Direito da Alta Paulista, a artista é autodidata, desde criança demonstra grande talento para as artes plásticas. Flávia mostra em seus trabalhos um grande amor pelos Animais e pela Natureza, onde a artista busca, através da natureza, a harmonia. Apaixonada pela terra, o sol e a energia de Salvador, que são a influência dos meus quadros da Série Amarela. Veio para Salvador ajudar a cuidar de um hotel no centro Histórico e o transformou em Hotel Galeria. A grande maioria dos objetos de decoração, os quadros e painéis no hotel são feitos por ela. No coração do hotel existe um estúdio. Sem preconceitos e sem nenhum outro intuito que não a incurável compulsão por criar, na maioria das vezes com materiais encontrados na rua, em suas longas caminhadas. Quase todos os dias alguma coisa acontece, uma flor, um quadro, uma sereia, um dragão, o que a inspiração mandar. 

Segundo Flávia: 

Dizem que meu estilo é Naif e eu acredito. Minhas cores são orgânicas na grande maioria das vezes. Prefiro cores que vão do amarelo indiano ao marrom , dando uma passada nos laranjas . Minha vontade é que o quadro acolha o observador e que ele se sinta bem vindo” 

Obra de arte intitulada “O Jardim das Tulipas” da Série Amarela, que a artista plástica Flávia Taiano doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Luigi Puddu (Luigi Pu)

Sobre Luigi: http://www.luigipu.it/
Artista natural de Jerzu, Italy, participou de mais de cem exposições individuais em: Florença, Roma, Nápoles, Brescia, Milão, Teramo, Perugia, Catania, Cagliari, Sassari, Nuoro, Oristano, na Espanha.
Com trabalhos no museu de vidro Piegaro e na cidade de Oliena no hall do Proloco. Numerosas obras comissionati e murais para igrejas, galerias de arte e no privado Palmas Suergiu , Santo Antão, Burgos, Santa Vitalia em Selegas, Via Sacra em Jerzu, murais Gsico, S.Sperate, Otiolu, Oliena, Decimomannu, Casale de Pinwheels , Villamar. , Região da Sardenha, Su Masiloghi, Departamento de Educação Cagliari, Cantina sociale Jerzu , Cidade de Santa Helena, Cidade de Arborea, etc. E 'esta nos mais prestigiados catálogos de arte

: Bolaffi, Mondadori catálogo. ACCA, a elite, etc. Três monografias documentar seu trabalho como pintor e gravador.

Obra de arte sem título que o artista plástico Luigi Puddu ( Luigi Pu) doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia
 










Lola López (Lola Arte Naif)
Lola Fernandez Lopez, nasceu em Montalbán de Córdoba (Espanha). Sua profissão e vocação é o ensino, e sua paixão a arte da pintura Naif (ingênua). A artista adora brincar com as cores, a paisagem envolvente com suas oliveiras, campos de trigo, pôr do sol, casas, onde demonstra uma profunda felicidade.

Lola diz: "Parte do meu trabalho é dedicado ao meu irmão Francisco, porque só de imaginar o seu sorriso e alegria me conforta."


Prêmios e entrevistas: http://www.lolalopez.es/noticias.html

Obras da artista: http://www.lolalopez.es/2.html

Obra de arte intitulada “El Lago de Montalbán” que a artista plástica Lola López doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









João Colagem



Artista autodidata, natural de Trindade, Goiás, Brasil, graduou-se pela Faculdade de Artes Visuais – UFG e possui um Atelier “Colagem Colagista” em Roterdão, Holanda.

Seus trabalhos foram exibidos pela primeira vez no Museu de Arte de Goiânia, em uma exposição individual chamada “Objetos Cotidianos”. O artista fez diversas exposições em galerias de Brasilia, Goiânia e em diversos países da Europa e possui obras de arte em coleções em vários países do mundo.

08.12 – 31.01.2008

Presentation official of the book “Misschien is Water van Dun Hout” 

Caldic Collection , Joop van Caldenborgh, Rotterdam, Holland 

19-09 - 30-10-2009

Solo "the Key to Nackedness"

Galery Gecko, Solingen, Germany

24.2 – 28.05.2006

Collective “Spicy Dutch”, City Museum , IJsselstein, Holland

27.03 – 10.04.2008

Collective “Cinco” Galeria de Arte “Marcos Caiado”, Goiânia, GO, Brasil

14.11. 2006 

Collage Collective 1st Edition

“The Mask” at the Atelier Colagem. João Colagem,

Michelle van Dijk, Annet Scholten, Gerard de Bruin 

Rotterdam, Holland

April 2006

Collective - 8th Exposition International de collage, Hutton, New Zealand 

1996 collections

280 works in the privet Collection of Wilma Lindomar da Silva, Geneva-Switzerland

2009 Works at Museum collection of MUBE Museu Brasileiro da Escultura - São Paulo- SP Brasil

March 2008 

Social Project “O Resgate da Imagem Perdida” (The saving of the lost Image)

5 workshops, 100 c 

Obra de arte intitulada “As Frutas que Desfrutam” que o artista plástico João Colagem doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Netto Casanova

Sobre Netto:http://imaginariosurrealdenettocasanova.blogspot.com.br/

Artista Plástico autodidata, natural de Pindobaçu, no sertão baiano, localizado no Piemonte Norte da Chapada Diamantina, na microrregião de Senhor do Bonfim, onde cresceu e estudou.

O artista, já participou de diversas exposições e tem o seu trabalho divulgado em diversas partes do mundo.

Segundo Netto: “Procuro, através da minha arte, fazer uma leitura entre o homem e a sua contemporaneidade.”

“Sou um artista que busco a interação da sociedade em todo o processo cultural, sem distinção de raça, credo ou político.”

Obra de arte intitulada “Labirinto do Tempo” que o artista plástico Netto Casanova doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Virginia Hernández "Luna Rosa"

Sobre Virginia: http://www.lalunarosa.fr/fr/index.php

Segundo Virginia:

“Não deixe ninguém destruir seus sonhos! destruidores de sonhos não faltam!”

Virginia Hernandez Formou-se na instituição de ensino Liceo Frances Paul Valery Cali. Virginia é Artista Plástica e promotora cultural dos artistas colombianos e latino americanos na Europa. Nascida em Cali e radicada na França desde 2002. Atualmente vivendo na região da Riviera francesa, é a criadora do "COLOMBIArtística": uma ferramenta cultural para trabalhar em prol da comunidade colombiana, através de projetos de inclusão social para o progresso através da arte e cultura. Como artista plástica, restringiu sua paleta de cores para apenas alguns tons dramáticos, ela cria composições incrivelmente dinâmicos e marcantes em padrões fluidos de energia. Neon verdes, rosas brilhantes, azuis profundos e laranjas fortes funcionam alternadamente como temas abstratos e cenários animados.

Obra de arte intitulada “Rock My Soul” que a artista plástica e produtora cultural Virginia Hernández "Luna Rosa" doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









Daniel Salviati
Sobre Daniel: http://danielsalviati.blogspot.com.br/

http://www.artslant.com/global/artists/show/167905-daniel-salviati

Natural de Lima, Peru, Artista plástico visual, especialista em pintura, docente de arte, desenho e pintura na Escuela Nacional de Bellas Artes del Perú.

Obra de arte intitulada “Pintura Gestual nº 116” que é uma das duas obras que o artista plástico Daniel Salviati doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Alain Donnat
Vídeo do artista: http://youtu.be/DTq7q_bIdSo
Segundo Alain:
“Se sonhar é Arte, então, provavelmente, eu devo ser um artista”
Alain Donnat não é só um artista como também e humorado poeta… "não vamos então desperdiçar o nosso prazer, vamos apenas segui-lo nos seus sonhos!”
Alain nasceu em Neustadt. Autodidata e apaixonado pela arte Naif, participou de várias exposições coletivas, principalmente na França e Espanha, sendo muito solicitado para apresentar os seus trabalhos em exposições individuais. Desde 2001 apresentou cerca de 50 exposições individuais em renomadas galerias da Europa, assim como no Brasil e nos Estados Unidos. 

Os seus trabalhos estão presentes no “Arts et Traditions Populaires Musée”, Humenne, Eslováquia e no “Daubigny Musée”, Auvers S/Oise, França.

Obra de arte intitulada “Les Menestrels” que o artista plástico Alain Donnat doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia
 








Andrés F Loboguerrero 

Sobre Andrés: www.andresloboguerrero.com

Artista natural de Bogotá, Colômbia, graduou-se na Escuela de Artes y Letras de Bogotá, Pós graduou-se na IUNA - Instituto Universitario Nacional de Artes de Bueno Aires, Argentina. Andrés é gestor cultural e um dos fundadores da CORPORACIÓN CULTURAL DAHCNAE

Artista de reconhecimento internacional, já participou de diversas exposições e ganhou diversos prêmios. Sua pintura denota solidão, reflexão, erotismo, sensualidade e subjetividade.

Seu trabalho tem sido exibido e publicado na Colômbia, Itália, Chipre, Espanha, Argentina, Brasil, França, Eslovenia, Inglaterra e Bélgica. Além de fazer parte de coleções de arte latino-americana em vários museus desses países.

PUBLICACIONES:

Andrés Loboguerrero (Articulo Revista Gallery) Bogotá Colombia.

Manifiesto Multilògico (articulo en Revista Gallery) Bogotá - Colombia

UN Loboguerrero que Pinta(articulo en la pagina de cultura) Periodico Express News (Londres - Madrid)

Revista virtual escáner (Chile)

Andres Loboguerrero fóvea centre ( dubai) 

www. Noenga.com segundo puesto competencia internacional l mes de febrero

blues & Candor Articulo en Cundinamarca al dia 

Encuentro articulo publicado en el periódico de cota Cundinamarca

Entrevista al artista colombiano Andrés Loboguerrero publicación en la revista de fundación el laberinto.

www. Colombia.com Pintores Colombianos

directorio colombiano de artistas

Obra de arte intitulada “Deseo Instintivo 3” que o artista plástico Andrés F Loboguerrero S doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia








Guillermo Pollock Barragan
Sobre Guillermo:
– Nasceu em Buenos Aires, Argentina. Artista autodidata, desde criança demonstra um grande talento para as artes plásticas com um estilo próprio e incomparável.

Depois de ganhar seu primeiro prêmio de desenho, trabalhando em publicidade e como ilustrador. Obteve vários prêmios em Buenos Aires e Misiones e tem mais de 30 amostras na Argentina, Caracas, Chile, Uruguai e alguns de seus trabalhos em coleções na Europa. Atualmente vive em Eldorado, Misiones, Argentina e trabalha no Centro Investigacion Artistica.

Obra de arte intitulada “Conquistador” que o artista plástico Guillermo Pollock Barragan doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









Zuzu Anderson Dias
Sobre Zuzu: 
Vídeo do artista: http://youtu.be/PjCd8_YM8wM


Artista plástico capixaba, músico e Filósofo, formou-se na instituição de ensino Universidade Federal do Espírito Santo. O artista autodidata já participou de diversas exposições onde demonstra grande talento para as artes plásticas.

Obra de arte intitulada “ Baixada SDIII”, que é uma das 3 obras que o artista plástico Zuzu Anderson doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia 









Fernando Queiroz 
JOSÉ FERNANDO DE OLIVEIRA QUEIROZ nasceu na cidade de Barra, na confluência do Rio Grande com o São Francisco, no Estado da Bahia, Brasil. Autodidata, desde criança pintava e desenhava, desenvolvendo um grande talento para as artes plásticas.  A simplicidade de seus temas nos leva a um resgate da infância e dos sentimentos, à essência do homem, uma visão poética de quem convive com as cenas do Velho Chico, como é chamado carinhosamente o Rio São Francisco. 
O artista, que já participou de diversas exposições, possui trabalhos em grande parte do país e no exterior, como Estados Unidos, França e Itália. 
O artista sofreu influências da Escola de Barbizon e os impressionistas. Fernando se especializou em óleo sobre tela.
Segundo Fernando: "Trago de uma maneira pitoresca e colorida um pouco do universo poético do povo ribeirinho, muitas vezes distante da realidade dos grandes centros urbanos"
Obra de arte intitulada “Um Velho Barco a Vela” que o artista plástico Fernando Queiroz doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia 









Kike Payá 
Sobre Kike Payáhttp://kikelin.com/
Página do artista: http://www.facebook.com/kikelinpuntocom

KIKE Payá SAURA "Kikelin"

De Alcoy (Alicante) Espanha

Formação:

Estudos Ilustração na Escola de Artes e Ofícios em Alcoy (Alicante).

Editorial gráficos estudos de design do Instituto de Educação Continuada em Barcelona.

Curso on-line "a arte do desenho animado" com o mestre da caricatura Jason Seiler qualquer lugar Evolved Educação Schoolism.

Curso on-line "Pintura a óleo" com o artista Thomas Fluharty qualquer lugar Schoolism educação evoluiu.

Especialista nível software Adobe: Photoshop, Illustrator e InDesign.

Rápidas ruas dos desenhos animados de Benidorm (Alicante).

20 anos fazendo caricaturas personalizadas.

Ativo blogueiro desde 2006.

Técnicas de trabalho: pintura digital, pastel sobre papel, acrílica sobre tela e óleo sobre tela.

Exposições e Concursos

2006 - Trabalho selecionado e exibido na Bienal de Caricatura e Desenho Humorístico de Santa Cruz de Tenerife.

2008 - "A partir de K para Kikelin" na arte do chá-(Alcoy, Alicante).

2008 - Trabalho selecionado e exibido na Bienal de Caricatura e Desenho Humorístico de Santa Cruz de Tenerife.

2009 - "Retratos", no salão da UNESCO (Alcoy, Alicante);

2009 - Restaurante PASTAMANIA (Alcoy, Alicante).

2011 - Restaurante PASTAMANIA (Alcoy, Alicante).

2011 - "Kikelin.com" no Casino de Torrevieja (Alicante).

KIKELIN NEWS

Vídeo "Murais de San Isidro 1976 - 2012" Orihuela

Quadrinhos e Agustín Navarro Gema Amor, prefeitos de Benidorm (publicado no jornal "Informações")

Desenhos animados Ruiz Gallardón, Ministro da Justiça (publicado no jornal "Informações")

Caricaturas andaluzes candidatos às eleições 2012 (publicado no jornal "Informações")

Dos desenhos animados de Camps Francisco (publicado no jornal "Informações")

O casino Orihuela filão me dois desenhos animados (Daily News "Informação")

Nico Terol desenhos para o jornal "The Free"

Vídeo em exposição no casino de Torrevieja

Obra de arte intitulada “Ghandi” que o artista plástico Kike Payá doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










                                                             ‎Philippe Loubat

Sobre Philippe: http://www.loubatland.com/
Informações extraídas do site: http://allartsgallery.com/pt-PT/

Artista autodidata, nasceu em Montpellier e vive e trabalha em Languedoc Roussillon, França.

Philippe dedicando-se exclusivamente à pintura desde 1980 e mantém uma presença assídua em reconhecidos espaços internacionais de arte contemporânea como; Lineart – Gand / Belgique, Europ Art – Genève / Suíça, Holland Art Fair – La Haye e Art Twente – Almelo / Holanda, St’ Art – Strasbourg,Artenimes – Nimes, Grenoble e D’art – Nice / França e Art New York e Art Expo – New York / EUA.

Está representado em diversas colecções privadas e de instituições e no Museu de Arte Contemporânea MAC, Bahia, Brasil.

Com um enorme talento e uma forte personalidade artística bem expressa na sua obra, tem também a capacidade e a modéstia de, com a mesma força e empenho com que trabalha as suas telas originais, produzir imagens de comunicação e promoção como as que realizou para o “Institut de l’Audiovisuel et des Télécommunications en Europe”, a “Nimagine”, o “Salon Avinature”, o “Salon, les Internationales de la Guitare”, o “Florian Mantione Institut” ou o “Club de la presse de Montpellier”.

Segundo Philippe Loubat: ”Lúdica ou romântica a minha pintura é uma fonte de emoções, uma explosão de cores, de pequenas alegrias e de muita felicidade. Cada obra é um pequeno pedaço de alma!”

De 1986 a 2011 apresentou a sua pintura nas seguintes galerias:

- Galerie du Carlton – Cannes. 

- Galerie Nicole Gogat – Aigues-Mortes. 

- Galerie du Chalet des Arts – Megève. 

- Galerie Les tournesols – St Etienne – Vichy 

- Galerie Martine Brasseur – Reims. 

- Galerie de Tourgéville – Deauville. 

- Galerie du Hilton – Strasbourg. 

- Galerie Midi – Rotterdam / Hollande.

- Galerie Riccadonna – Monaco.

- Galerie Didier Vesse – Montpellier /Aigues-mortes / Pézenas.

- Galerie Eve Ducharme – St Barthelemy / Antilles.

- Galerie Villa bellartea – Anglet, Biarritz. 

- Galerie Delphine Carincotte – Marseille.

- Galerie Grulier – Avignon / Courchevel.

- Galerie Diario di Bordo – Montpellier.

- Galerie Acte 4 – Montpellier.

- Galerie Mode d’expressions – Perpignan.

- Galerie L’espace des Arts – Bruxelles / Belgique.

- Galerie Ortus – Bonnieux / Lubéron.

- Allarts Gallery – Lisboa / Portugal.

Obra de arte intitulada “Une Si Belle Journée” que o artista plástico Philippe Loubat doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia










Juliana Russo (Juliana Russo Burgierman)
Natural de São Paulo, Brasil, a artista, que trabalha com Design e especializou-se em ilustração, é conhecida internacionalmente por seus trabalhos de ilustração em diversas revistas. Juliana é graduada em Artes Plásticas pela FAAP, Brasil.

Segundo Juliana: 

““O mundo entrou no milênio urbano”, foi a frase que Kofi Annan, o ex secretário Geral das Nações Unidas começou a segunda Conferência Global sobre Assentamentos Humanos. Essa frase se justifica no fato de que no início do século 20 contamos com mais de 16 cidades com mais de um milhão de habitantes e quase 400 grandes cidades que recebem todos os dias ondas enormes de novos habitantes. E esses números continuam a crescer. No meio desse século mais de 70% da população mundial viverá em áreas urbanas.

Mas o conceito de cidade não é tema central apenas nas mentes de políticos, urbanistas e arquitetos, mas também, nas mentes de criativos urbanos, para quem a cidade em toda sua beleza e diversidade caótica não só representa seu habitat natural, mas também a sua área principal de atuação. É aí que a cidade oferece uma infinidade de oportunidades criativas para engajamentos alternativos muito além das convenções da arquitetura e do planejamento territorial.

Neste contexto, as intervenções urbanas não só oferecem uma ampla coleção informal, práticas criativas dentro do universo urbano, mas contribuem para a mudança da face subversiva da cidade hoje, questionando de uma forma silenciosa normas e regulamentos através de interferências na paisagem.

Me interessa os artifícios usados pelos habitantes da cidade, para desafiar as regras cívicas e adaptar o espaço para seu benefício ou como suporte para manifestações de reflexões sobre a própria cidade e seu estilo de vida. Isto pode manifestar-se no simples ato de atravessar a rua no sinal vermelho, na transformação espontânea de um canto de rua em um local de encontro temporário, ou em qualquer uso não convencional de um objeto já existente , uma construção, um local ou estrutura. Esta abundância de práticas anti-autoritárias no cotidiano marca a vitória tática de abordagens de baixo para cima em compreender e experimentar a cidade se sobrepondo as estratégias funcionalistas de planejamento urbano tradicional. Com a adaptação e manipulação ao invés de aceitação ou recusa do sistema espacial existente, são os usuários que estão explorando a definição dos novos territórios urbanos.

Através dessas intervenções urbanas podemos notar uma mudança de assunto ocorrendo no mundo da arte contemporânea hoje, de um lado o espaço convencional das galerias e museus, e do outro lado as abordagens performáticas que refletem uma poética da compreensão da teatralidade do espaço urbano e público. A atenção está gradualmente se deslocando do espaço convencional para uma rede complexa de efeitos contextuais e ações, invadindo o ambiente construído. Com isso, muitas vezes não é a obra de arte ou a performance em si que está em primeiro plano, mas a resposta do público. Mesmo que muitas das obras realizadas possam certamente ser percebidas como decorativas, à primeira vista elas proporcionam o estranhamento proposital usado para tirar o indivíduo do seu lugar comum, para se tornar um observador mais crítico e consciente. O que eu quero investigar não são os grandes artistas amplamente conhecidos no domínio da arte, mas as manifestações espontâneas, ações criativas no âmbito urbano. Essas obras distinguem-se através de sua atitude quase contagiosa de “Do it yourself” (Faça você mesmo), nem um pouco preocupadas em participar do restrito universo da arte, sendo realizadas com os recursos disponíveis.

Todas estas formas únicas, contra-culturais do engajamento com a realidade urbana, são distinguidos por um princípio de desobediência em contrapartida às práticas dominantes espaciais e sociais. Os artistas não aceitam as cidades como elas são, mas criam espaços próprios, o seu próprio ambiente e, criando um vasto acervo visual de curiosidades artísticas que inspiram tanto a reflexão como a imitação. Ao superar os limites da experiência predominante passiva da cidade, a fim de explorar seus potenciais ocultos, abre a perspectiva de expor novos níveis semânticos em espaços urbanos e novas formas de leitura da cidade. Atualizando as possibilidades de nosso ambiente construído, os protagonistas destas práticas informais artísticas estão ativamente engajados em encontrar sempre novas maneiras de viver nas cidades, proporcionando visões críticas sobre a compreensão da cidade hoje.”

Juliana Russo Burgierman

Uma das duas obras de arte intituladas “São Paulo” (BÍPTICO) que a artista Juliana Russo doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia









Alcinda Saphira 
Vídeo da artista: http://youtu.be/2w3v2DYTbmY

Artista plástica e curadora, natural de Belém do Pará, Brasil, formou-se pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, atualmente vive em Nova York promovendo artistas do Brasil e do mundo. Designer, pintora e escultora de jóias, Saphira foi viver e manter seu estúdio em Nova York, depois de deixar seu trabalho como produtora de televisão e rádio na TV Educativa, em Salvador (BA).

Hoje seu trabalho tornou-se mais global e suas técnicas são únicas. Saphira foi premiada com o primeiro prêmio no UBENY - Competição Internacional. Em 2009 - Alcinda Saphira foi selecionada para embelezar o centro-nova iorquino. Saphira gosta de trabalhar em grandes telas e em 2009 recebeu uma missão para criar um mural para um prédio no centro-nova iorquino (as dimensões foram ditadas pelo tamanho da fachada do edifício, em pé 21x12). Atualmente ela trabalha como curadora independente, promovendo eventos de arte em diferentes locais e exibe seus trabalhos nas Nações Unidas-ONU, galerias em Chelsea NYC, na Expo Brasil Arte em Massachusetts, Prudential Center (NJ) e Brasil. Ela também trabalha como chefe curadora da Fundação Brasileira para as Artes - NYC.

Recent Exhibition:

April 2011 – She started the Project Migration at the New York Public Library. This Art Exhibition is a partnership with the artists and curators, René Nascimento and Antônio Oliveira. 

The Project MIGRATION is aiming to create an artistic exchange among artists from all over the world. Furthermore, the project’s objective is to share talents, and create opportunities for artist in public and private galleries. "We hope this project will humanize theart world.", said Saphira and partners. 

Migration Art Expo 2012 - in tour through Brazil. 

Exhibition at Macy's - Brasil: a magical journey

Obra de arte intitulada “Turbilhão Global” que a artista plástica Alcinda Saphira doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia











Ruy Garcez
Sobre Ruy:

Artista plástico e fotógrafo, especializou-se em acrílico sobre tela. Ruy herdou de sua mãe, uma talentosa artista plástica, o amor pelas artes plásticas,. O artista nasceu em São Paulo e mudou-se para Jequié, atualmente reside em Salvador, Bahia, Brasil. Formou-se em Engenharia pela instituição de ensino Universidade Católica do Salvador e já participou de diversas exposições. O artista possui seu próprio estúdio, “Casa do Rio Vermelho”, onde estão expostas as suas obras.

Segundo Arlete Genervan:

“Ruy Garcez e suas obras: No âmbito da arte contemporânea, marcada pelo formalismo e a abstração, a pintura de RUY GARCEZ se destaca pela importância que nela tem o elemento temático, de fundo onírico, que mostra por sua vez as fundas raízes afetivas e culturais do artista. O estilo humanista e alegórico é típico de Ruy Garcez. As suas obras são visões místicas e sonhadoras e muitas vezes reais, repletas de símbolos e referências às suas viagens pela Europa, em especial a França e a sua tradicional Bahia. A natureza da grande maioria das suas obras é indefinível, enigmática, remetendo para o mundo dos sonhos e do subconsciente e de sua terra natal. Tendo vivido na França, foi provavelmente influenciado pelo Cubismo, mas manteve um estilo único, desafiando a categorização da sua obra em qualquer movimento artístico. É um artista incrivelmente prolífero e talentoso, produzindo uma extensa obra de pintura.” Texto de Arlete Genervan

Obra de arte intitulada “Pau de Arara de Padin” que o artista plástico Ruy Garcez doou ao acervo permanente do Museu de Arte Contemporânea da Bahia